16.6 C
Três Lagoas
segunda-feira, 16 de maio, 2022
InícioNotíciasPolíciaEm Três Lagoas, “tiozões” são vítimas do Golpe das Novinhas; confira algumas...

Em Três Lagoas, “tiozões” são vítimas do Golpe das Novinhas; confira algumas dicas

O golpe funciona assim, os criminosos se passam adolescentes menores de idade, iniciam conversas pela plataforma do Facebook, Messenger, pedem o WhatsApp das possíveis vítimas e depois trocam fotos e simulam a troca de mensagens eróticas

Por Ricardo Ojeda e Nathalia Pelzl

Nesta época do ano, muitos criminosos se aproveitam do espírito natalino para arrancar dinheiro de pessoas aplicando diversos golpes, entre eles, o do motoboy, já noticiado pelo Perfil News.

Além disso, o “golpe dos nudes” tem feito diversas vítimas. Inclusive, o Perfil News conversou com pessoas que foram vítimas desse golpe. Por segurança, as identidades das vítimas serão preservadas.

COMO FUNCIONA

O golpe funciona assim, os criminosos se passam adolescentes menores de idade, iniciam conversas pela plataforma do Facebook, Messenger, pedem o WhatsApp das possíveis vítimas e depois trocam fotos e simulam a troca de mensagens eróticas.

O GOLPE COMEÇA ASSIM, AS NOVINNHAS MANDANDO UM “OI” PARA AS VÍTIMAS

No caso das menores, depois da troca de mensagens, os criminosos entram em contato como se fosse os pais e destacam que vão denunciar, alegam a existência de uma suposta investigação por pedofilia, para praticar a extorsão.

ALGUMAS CHEGAM APELAR ENVIANDO FOTOS SENSUAIS ÀS SUA VÍTIMAS

MAIS R$ 10 MIL DE PREJUÍZOS

Umas das vítimas que procurou o Perfil News relata que perdeu mais R$ 10 mil. A vítima de 55 anos é uma pessoa muito conhecida na cidade. Ela disse que não conseguia nem dormir mais, de tanta preocupação.

Ela contou que recebeu um “oi” de uma garota muito bonita pelo aplicativo Messenger e ele respondeu, iniciando uma conversa com a suposta adolescente. Depois de altos papos, ele passou o contato do WhatsApp, onde a menina começou a enviar fotos intimas, mostrando as partes do corpo. “Conforme a conversa e as fotos iam ficando picantes, eu me entreguei de corpo e alma para a menina, já queria conhecê-la pessoalmente”, disse o cidadão.

ACHAQUE

Após uma semana de suposto namoro virtual, a menina pediu emprestado R$ 2 mil e foi atendida pelo amigo. Porém, no próximo dia novo pedido de dinheiro foi feito e ele respondeu que só arrumaria o dinheiro se fosse pessoalmente.

A vítima contou que a partir desse momento a menina bloqueou o contato dele e passou a receber ligações de um número com prefixo do estado do Rio Grande do Sul. Ao atender a primeira ligação um homem se identificou como pai da menina e pelo WhatsApp, enviou algumas fotos que eu havia trocado como a garota. “Ele me pediu R$ 5 mil, caso contrário entregaria as fotos e os prints da conversa para a polícia, que eu poderia ser indiciado de aliciador de menores. Temendo represália, eu fiz a transferência imediata para a conta fornecida. Porém no outro dia o homem fez nova ameaça, me pedido mais R$ 4 mil”, reiterou.

ABAIXO ALGUNS PRINTS DE MENSAGESNS QUE A VÍTIMA TROCOU COM O GOLPISTA

Muito abatido, a vítima procurou a direção do site Perfil News e contou toda situação no qual estava passando. Diante da situação, o home foi aconselhado que procurasse a polícia para registrar uma queixa do golpe das novinhas, como é conhecido.

Mas, envergonhado pelo episódio, ele disse que não poderia proceder dessa forma. Então o segundo conselho foi que ele desligasse o aparelho e conseguisse outro número, como também bloqueasse as páginas nas redes sociais.   

MAIS OUTRA VÍTIMA

Uma outra vítima que procurou o Perfil News, foi de um trabalhador da construção civil, que veio à redação acompanhado pela sua irmã, no qual tinha relatado a ela todo o episódio que vinha passando. A irmã falou com o diretor do site, pedindo se podia recebê-los, que seu irmão estava precisando de ajuda, para como devia proceder diante da pressão que estava passando.

Na frente do diretor do Perfil News, a vítima relatou procedimento semelhante ao caso acima relatado e foi aconselhado ou procurar a polícia ou mudar de número do aparelho e suspender a conta na página do Facebook. Diferente da vítima anterior, esse não efetuou nenhum depósito pelo fato que não possuir os valores solicitados pelo golpista.

DICAS DA POLÍCIA CIVIL:

1. Desconfie de solicitações de amizade nas redes sociais de pessoas que você não conhece;

2. Não converse por telefone com pessoas que utilizam prefixos e números desconhecidos;

3. Não compartilhe fotos íntimas pela internet;

4. Lembre-se: pedofilia é crime!

5. Não compartilhe fotos íntimas pela internet;

6. Não forneça dados como nome completo, CPF, RG, endereço, conta bancária e senha para estranhos em ligações telefônicas, mensagens SMS ou WhatsApp;

7. Cuide com operações bancárias (depósitos ou transferências em dinheiro) para pessoas do círculo familiar ou de amigos, principalmente em solicitações pelo WhatsApp;

8. Se for vítima de algum golpe, procure a polícia e registre ocorrência.

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.