05/03/2013 08h04 – Atualizado em 05/03/2013 08h04

Fiems discute com embaixador espanhol parcerias tecnológicas para indústria

O presidaente da FIEMS recebeu o embaixador espanhol para discutir possiveis parceiras tecnológicas para a indústria do estado

Da Redação

O presidente da Fiems em exercício, Alonso Resende do Nascimento, reuniu-se, nesta segunda-feira (04/03), no Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande (MS), com o embaixador da Espanha no Brasil, Manuel de la Cámara Hermoso, para discutirem possíveis parcerias tecnológicas para as indústrias sul-mato-grossenses. “A aproximação com a Espanha é de extrema importância para o nosso Estado e temos de aproveitar o fato de os espanhóis estarem sinalizando a possibilidade de oferecer serviços e tecnologias de interesse dos setores industrial e agropecuário”, declarou.

Alonso do Nascimento explica que na Espanha existem muitas empresas com experiência na área de inovação tecnológica que podem ser muito úteis para as indústrias do Estado, em especial, para o segmento da construção civil. “São possibilidades que vêm para agregar ao trabalho que realizamos aqui”, declarou. Já o diretor-corporativo da Fiems, Jaime Verruck, reforçou que Mato Grosso do Sul é um Estado de oportunidades. “Nós gostaríamos de ter investidores espanhóis em áreas como a de logística, por exemplo. Além das parcerias que podem ocorrer no âmbito do Sistema Fiems, como na área de tecnologia, por exemplo”, destacou.

As possibilidades de parcerias nas áreas de infraestrutura, transportes, agroindústria, transmissão de energia e energia renováve foram cogitadas pelo embaixador da Espanha, Manuel de la Cámara Hermoso. “Penso que o Estado de Mato Grosso do Sul tem uma política para atrair novos investimentos e nós podemos trabalhar juntos no desenvolvimento das agroindústrias, como, por exemplo, na produção de queijos de qualidade. Outro foco de cooperação é na área ambiental, especialmente no tratamento de resíduos sólidos “, enumerou.

Ele também destacou que tem proximidade com a CNI e conhece as Federações das Indústrias de diversos Estados. “Todas as Federações têm atividades dinâmicas e a Fiems destaca-se nesse sentido, sendo o local ideal para que possamos obter o conhecimento sobre o desenvolvimento industrial do Estado”, declarou. Também participaram da reunião a conselheira comercial Maria Amélia Guzmán Martinez-Valls, o conselheiro do MRE (Ministério das Relações Exteriores), Rolemberg Estevão de Souza, o diretor-secretário da Famasul, Rui Fachini, a economista da Famasul, Adriana Mascarenhas, e o diretor-político da Assomasul, Cezar Renato Gazolla.

(*) Com informações de Assecom FIEMS

As possibilidades de parcerias nas áreas de infraestrutura, transportes, agroindústria, transmissão de energia e energia renováve foram cogitadas pelo embaixador da Espanha (Foto: Divulgação/FIEMS)

Comentários