07/04/2014 11h35 – Atualizado em 07/04/2014 11h35

A Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) esteve participando no último dia 06, no município de Selvíria-MS, do 6º Dia de Campo

Da Redação

A Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) esteve participando no último dia 06, no município de Selvíria-MS, do 6º Dia de Campo. O evento foi realizado na fazenda São Matheus e reuniu agricultores, pecuaristas e estudantes da região.

Na ocasião, os pesquisadores Ademir Hugo Zimmer e Júlio César Salton, fizeram uma demonstração do funcionamento da tecnologia de Integração Lavoura e Pecuária a (ILP) como um processo de rotação da cultura da plantação de soja e pastagem. De acordo com Zimmer, a Embrapa realiza pesquisas em conjunto com proprietários rurais em Três Lagoas desde 2008 como: recuperação de pastagens, o uso de lavouras para amortizar custos, estudo do alto risco climático e sistema de lavouras.

As pesquisas realizadas na fazenda São Matheus acontecem há 6 anos e já mostram resultados favoráveis com a tecnologia de ILP. “A integração funciona com o plantio de 2 anos de pasto e 1 ano de soja e proporciona resultados favoráveis como: a pastagem produtiva e elevada capacidade de suporte animal, adequação química e física do pasto”, explicou.

Representando a Embrapa Gado de Corte, o pesquisador Júlio César Salton explica mais sobre o Sistema de Integração. “Nesse sistema temos que alternar gado e lavoura e recuperar a pastagem e depois cultivar”. E completou: “temos 3 milhões de hectares de terra boa na região do bolsão que injeta cerca de 1,7 bilhões por ano de recursos”, disse.

Para o presidente da Famasul, Eduardo Rideel, o Dia de Campo levou informação do sistema para que os agricultores comecem a adotar esse sistema. “É uma troca de informação e de experiência prática e acesso aos pesquisadores que trazem alternativas do sistema ILP que viabiliza esse pacote tecnológico de produtividade”, explicou.

O evento atraiu pessoas de várias regiões e contou com parceiros como: Fazenda São Matheus, Embrapa, Sindicato Rural de Três Lagoas, Famasul e outros parceiros.

(*) Com informações de Assecom Sindicato Rural

Na ocasião, os pesquisadores Ademir Hugo Zimmer e Júlio César Salton, fizeram uma demonstração do funcionamento da tecnologia de Integração Lavoura e Pecuária a (ILP) como um processo de rotação da cultura da plantação de soja e pastagem (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários