09/04/2015 17h48 – Atualizado em 09/04/2015 17h48

EMPAREDADO

O prefeito Gilmar Olarte (PP) ficou entre a cruz e a espada após o Ministério Público Estadual recomendar a demissão de todos os parentes de vereadores da prefeitura da Capital. O alerta do órgão soa como uma ordem, mas pior é atender e se fragilizar no Poder Legislativo. Como se sabe, os legisladores têm uma participação ativa na atual gestão e podem se rebelar diante de uma canetada na ‘parentada’ que circula por lá.

A decisão de Olarte, nesse caso, poderá ser salomônica.

NAVEGANTES

O PSD deverá ter sangue novo em breve para continuar o trabalho feito até aqui por Antônio João Hugo Rodrigues e se preparar para as disputas municipais do ano que vem. Como havia dito nas redes sociais, o empresário comunicou sua decisão à direção nacional da legenda, mas foi encarregado por Gilberto Kassab a indicar seu sucessor.

Fala-se, inclusive, na possibilidade de os irmãos Trad (Fábio e Marquinhos) reforçarem a sigla, mas eles negam essa informação. Em política, no entanto, tudo pode acontecer.

SEM IMPORTÂNCIA

Uma discussão séria em torno da crise hídrica do país é algo que não acontece nos parlamentos sul-mato-grossenses. Embora grave, o problema é deixado de lado talvez porque aqui ainda não sofremos na pele a falta d’água que afeta a população dos grandes centros do país.

É bom lembrar que os rios que serpenteiam o nosso Estado começam a diminuir suas vazões e podem comprometer o abastecimento de muita gente.

SEM SINAL

Assim como outros políticos que apostaram seus futuros em compromissos de campanha assumidos pelo ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB), derrotado para o governo do Estado nas eleições de 2014, o deputado federal Geral Resende (PMDB) dependia até dia desses de um “generoso repasse” para colocar suas contas em dia, confidenciaram interlocutores próximos ao parlamentar.

Pré-candidato do PMDB à prefeitura douradense em 2016, ainda bem que o deputado garantiu sua reeleição.

SÓ ALEGRIA

Feliz da vida mesmo está o deputado federal Zeca do PT com mais uma conquista de seu Glorioso Botafogo (RJ), que sagrou-se campeão da Taça Guanabara, na noite da última quarta-feira, mesmo com um elenco completamente recém-formado pelo técnico Renê Simões.

O time de General Severiano pega no próximo sábado o Fluminense pelas semifinais do Carioca 2015.

Comentários