Veículo-tanque se envolveu em um acidente no início da tarde de ontem na BR-158; mais de 22 mil litros de combustível vazaram para a área de proteção

A Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas autuou em R$ 110 mil a empresa dona de uma carreta bitrem tanque, que levava mais de 44 mil litros de etanol e se envolveu em um acidente na tarde de ontem, 11, na BR-158, próximo ao Córrego Moeda.

Segundo informações de testemunhas, uma outra carreta, que carregava uma máquina agrícola, perdeu os freios e acabou “voltando” e atingindo a carreta que carregava etanol.

Com o acidente, um dos tanques foi atingido, permitindo o derramamento de 22 mil litros do combustível sobre a vegetação à margem da rodovia e de matas ciliares (Área Preservação Permanente – APP) do córrego Moeda, que também teve suas águas atingidas.

Vídeo do local do acidente, enviado por WhatsApp

A PMA ordenou à transportadora, com sede em Maracaju, que realizasse todas as contenções do produto, que ainda estava ao solo, para que não escorresse ao córrego, apresentasse estudo do solo e da área afetada, que efetuasse a descontaminação e apresentasse um laudo, indicando a recuperação da área degradada.

A equipe também realizou um auto de infração administrativo e arbitrou multa de R$ 110 mil contra a infratora proprietária do veículo-tanque. Os responsáveis pela empresa poderão responder por crime ambiental de poluição na forma culposa e poderão pegar pena de seis meses a ano de detenção.

Interdição

O acidente causou a interdição de uma das faixas da rodovia, que passou a operar no sistema “pare e siga”. Devido à complexidade da operação de retirada do caminhão e ao risco envolvido em razão do combustível na pista, a carreta deverá ser retirada por um guindaste e a pista liberada apenas na tarde de hoje, 12.

Comentários