O flagrante ocorreu no posto de fiscalização da PRF em Ponta Porã. O empresário demonstrou nervosismo no momento da fiscalização

O empresário douradense T.A.S, acompanhado de sua esposa, foi abordado na manhã desta segunda-feira posto de fiscalização da PRF, conhecido como Posto Capey.

Em vistoria no veículo e após se irritar com a fiscalização, alegando que era proprietário de inúmeras fazendas na região, bem como de garagem em Dourados, os policiais encontraram em um compartimento oculto no veículo diversos tabletes de cocaína que pesaram 64 kg.

Após a descoberta do entorpecente, o empresário disse aos agentes da PRF que estava ganhando apenas R$ 6 mil para levar a cocaína até Dourados.

De acordo com informações repassadas pela PRF, todos os tabletes são de Cloridrato de cocaína. A comercialização da droga no Paraguai gira em torno de U$ 4.000 o quilo.

O casal recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia da Polícia Federal de Dourados, onde será lavrado o boletim de ocorrência.  

Comentários