16/10/2015 09h50 – Atualizado em 16/10/2015 09h50

Presidente da Fiems, Sérgio Longen, participou da 3ª reunião do Projeto Encontro de Lideranças do Sesi, Senai e IEL, na quinta-feira (15/10), em Dourados.

Assessoria

Com o objetivo de aprimorar os serviços técnicos e tecnológicos oferecidos às indústrias de Mato Grosso do Sul. Criada neste ano para receber sugestões dos colaboradores, a iniciativa teve a 1ª reunião em Campo Grande no dia 30 de julho e a 2ª em Três Lagoas no dia 4 de setembro.

O Encontro de Lideranças dessa vez contou com a participação de gestores do Sesi, Senai e IEL de Dourados e de Naviraí. Sérgio Longen destacou que o encontro foi positivo. “É importante repassar para a equipe uma visão do que está acontecendo no mundo dos negócios e também as alterações nos procedimentos de trabalho e que eles compreendam os novos objetivos, o redirecionamento de negócio e criar um foco para que todos busquem na mesma direção, investindo no apoio às indústrias focando na inovação e tecnologia”, pontuou.

O 2º vice-presidente regional da Fiems, Sidnei Pitteri, que também participou do encontro, aprovou a iniciativa. “Mudanças são necessárias para atender aos anseios das indústrias e as nossas entidades devem acompanhar esse novo perfil de trabalho, por isso a importância das discussões em grupo para aprimorar os serviços”, comentou. Já o 6º presidente regional da Fiems, Gibson Lomba, completou que o setor do vestuário compartilha da opinião que é preciso focar em inovação.

Para o superintendente do Sesi, Bergson Amarilla, o encontro permite estabelecer o alinhamento de ações. “Temos que caminhar para o desenvolvimento de competências, de acordo com as necessidades do mercado, atuando no desenvolvimento da equipe técnica, com sustentabilidade, alta performance, voltados para a inovação e integração”, reforçou.

Na avaliação do diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, a reunião serviu para ouvir a equipe técnica e operacional, contribuindo com propostas que ajudam a levar as entidades para uma transformação voltada para a tecnologia a inovação. “O Senai está construindo uma base de atendimento e assessoria com foco na gestão e na competitividade com redução de custos”, ressaltou.

O superintendente do IEL, José Fernando do Amaral, destacou a força do Sistema Fiems e disse que é importante trazer um atendimento forte para as empresas com produtos inovadores. “No IEL temos uma estrutura inteligente não só para o estágio como também na gestão de negócios e consultorias. Temos que focar em serviços de qualidade para a indústria e ganhar força e sinergia para atuação das casas em conjunto”, falou.

(*) Assessoria Fiems

Gestores do Sesi, Senai e IEL de Dourados e de Naviraí (Foto:Assessoria)

Comentários