17/03/2012 11h01 – Atualizado em 17/03/2012 11h01

Da Redação*

A Empresa Energética de Mato Grosso do Sul (Enersul) investiu R$ 3,4 milhões no programa de aumento de potência da subestação de Nova Andradina, o que permitirá até o dobro da demanda em até 100%, sem que o sistema fique sobrecarregado.

Conforme os indicadores econômicos de Nova Andradina e com base em dados fornecidos pela Enersul, o consumo residencial passou de 18.944 Megawatt-hora (MWh) ano em 2008 para mais de 22.700 Mwh/ano em 2011, um salto de 20%. No mesmo período, a Enersul também constatou um aumento de 11% no número de ligações residenciais no mesmo período, demonstrando a necessidade da ampliação na capacidade do fornecimento.

O diretor operacional da Enersul, Edimir Bosso, afirmou que Nova Andradina recebeu uma nova subestação, totalmente remodelada, com equipamentos modernos com objetivo de acompanhar o desenvolvimento do município. “É nossa obrigação oferecer um produto de qualidade aos clientes e, por isso investimos na ampliação do nosso sistema”, declarou.

A inauguração do novo sistema ocorreu na manhã desta sexta-feira (16) na subestação de Nova Andradina, localizada na Avenida Eurico Soares de Andrade, saída para Batayporã.

Estiveram presentes na solenidade, o diretor operacional da Enersul, Edimir José Bosso; o gerente de Engenharia de Manutenção, Jair Doniack; o gerente de relacionamento com o Poder Público, Valter Bortoleto; o gerente regional João Carrenho; a supervisora comercial da Enersul, Carmem Simone Martim; o diretor presidente da Agepan, Roberto Hashioka; a deputada estadual Dione Hashioka, o prefeito Gilberto Garcia, secretários municipais e vereadores.

(*) Com informações do Nova news

Comentários