14/03/2012 10h46 – Atualizado em 14/03/2012 10h46

Engenheiro Florestal suborna policiais para cliente não ser autuado

Ele foi autuado em flagrante por corrupção ativa

Adriano Vialle

A Polícia Militar Ambiental de Costa Rica, região do bolsão realizou uma vistoria na Fazenda Bela Manhã, no início da semana e observaram várias irregularidades no local. Notificaram um funcionário da propriedade para que avisasse o proprietário para comparecer no quartel para autuação, em vista do problema o engenheiro florestal telefonou ao subtenente comandante do Grupamento, dizendo representar o proprietário da Fazenda e tentou oferecer propina para solucionar o problema.

Em nota a PMA informou que o comandante foi orientado através do Ministério Público e o delegado de Polícia à aceitar o dinheiro e que ele fosse ao quartel. O engenheiro chegou e preencheu um cheque de R$ 2.000. No momento o delegado de polícia estava em outra sala e viu toda ação. Eles deram voz de prisão e o conduziram até a delegacia. Ele foi autuado em flagrante por corrupção ativa.

O Engenheiro reside em Três Lagoas, disse que o proprietário da fazenda tinha conhecimento da ação, ele também será processado por corrupção.

Comentários