26 C
Três Lagoas
sábado, 25 de junho, 2022
InícioNotíciasRegiãoEtapa das individuais dos Jogos Escolares chega ao fim com classificações à...

Etapa das individuais dos Jogos Escolares chega ao fim com classificações à fase nacional

Os Jogos Escolares são organizados pelo Governo do Estado, por intermédio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul

Campo Grande recebeu, no último fim de semana (10 a 12), a etapa das modalidades individuais dos Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul 2022, na faixa etária de 15 a 17 anos. Além do intercâmbio sociocultural entre mais de 700 estudantes-atletas, o maior evento estadual esportivo-escolar definiu os representantes sul-mato-grossenses para a fase nacional, os Jogos da Juventude, que acontecerão em Aracaju (SE), de 1º a 18 de setembro deste ano.

Os Jogos Escolares são organizados pelo Governo do Estado, por intermédio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte). Nesta etapa, mais de 900 pessoas estiveram envolvidas no evento, somando-se competidores, técnicos, dirigentes, membros da organização, equipe médica, entre outros.

Participam da competição 48 municípios: Água Clara, Alcinópolis, Amambai, Anastácio, Angélica, Antônio João, Aquidauana, Aral Moreira, Bodoquena, Bonito, Caarapó, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranaíba, Paranhos, Pedro Gomes, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia, Sonora, Terenos, Três Lagoas e Vicentina.

A atleta Joycy Mary Souza, de Costa Rica, foi a primeira a sentir o peso da medalha no pescoço. A ciclista de 15 anos foi a campeã geral da modalidade, sendo a melhor nas provas contrarrelógio (velocidade), por pontos e de resistência. “Não sei explicar o que estou sentindo, mas com certeza é uma coisa muito boa. Estou muito feliz com meu resultado, e devo tudo isso à minha equipe e ao meu professor, que sempre me incentiva e me apoia”, declara.

O ciclismo, assim como outros esportes, neste ano teve aumento significativo no número de participantes, graças ao Programa MS Desporto Escolar (Prodesc), do Governo do Estado, coordenado e executado pela Fundesporte junto à Secretaria de Estado de Educação (SED). A iniciativa leva treinamento esportivo em diversas modalidades aos alunos da Rede Estadual de Ensino (REE), no contraturno das aulas, incentivando também a participação nos Jogos Escolares.

“O Prodesc hoje é o programa mais profundo da Fundesporte, levando a iniciação esportiva a 73 municípios do nosso estado, em 310 escolas. Com a ampliação do programa, atendemos mais de 30 mil alunos e isso reflete diretamente no aumento dos participantes nos Jogos Escolares”, detalha o diretor-presidente da Fundesporte, Silvio Lobo Filho.

Já no vôlei de praia, Nova Alvorada do Sul garantiu o bronze com a dupla Maria Eduarda Martins, de 17 anos, e Bruna Aragão, de 16. “É muito emocionante conquistar essa medalha, me sinto até mais experiente”, conta Maria Eduarda, capitã da dupla, que competiu pela primeira vez nesta edição dos Jogos. “Fiquei muito nervosa no começo, mas depois me acalmei e consegui chegar, com a Bruna, ao terceiro lugar”, conclui.

A dupla foi preparada por um dos técnicos mais jovens da competição, Anderson Santos, de 24 anos. O treinador é integrante do Prodesc, ministrando o treinamento de vôlei de praia na Escola Estadual Antônio Coelho. “Em 2010, tive a experiência de participar dos Jogos Escolares como atleta. Doze anos depois, volto como professor. É uma experiência bacana, conseguimos mostrar nosso trabalho e subir ao pódio. Isso já motiva nossos atletas para voltarem no próximo ano com garra para conquistar uma medalha de outra cor”.

No judô, o campo-grandense Ryan Lucas de Oliveira foi um dos campeões, vencendo na categoria superligeiro (até 55 quilogramas). Essa foi a terceira participação do atleta nos Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul, desta vez treinando com o técnico Clayton Rojas.

“Essa edição foi bem diferente das outras, porque aconteceu depois da pandemia. É como se estivéssemos competindo pela primeira vez”, conta o judoca. “Estou muito feliz, a vitória demonstra que vale a pena treinar todos os dias. É tudo muito gratificante”.

Os Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul são uma organização do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte). A próxima etapa já tem data marcada. Campo Grande será a cidade-sede das modalidades coletivas handebol e voleibol, também na faixa etária de 15 a 17 anos, já nesta semana, entre os dias 15 e 20 de junho.

*Assessoria

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.