28/04/2016 12h20 – Atualizado em 28/04/2016 12h20

Os soldados, que estão armados, vão marchar por 12 quilômetros. Outros procedimentos militares vão acontecer na próxima semana na região da Cascalheira, em Três Lagoas

Ricardo Ojeda e Daniela Silis

Hoje pela manhã um morador da região próxima ao Senai de Três Lagoas registrou em sua página das redes sociais um desfile de tropas do Exército Brasileiro, com contingentes de soldados armados com fuzis estavam em movimentação nas proximidades do Senai de Três Lagoas. Várias fotos foram publicadas na página do Facebook do morador.

Como qualquer movimentação de tropas causa certa polêmica, além de coincidindo com os bloqueios de várias rodovias através das manifestações da CUT, MST e MTST contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, a reportagem do Perfil News entrou em contanto com o comandante da 2ª Companhia de Infantaria de Três Lagoas, capitão Guilherme Bottrel Carvalho, para esclarecer o ocorrido.

NOVAS INSTRUÇÕES

Conforme informações do capitão Bottrel, de fato houve uma movimentação das tropas do Exército no município, porém é apenas uma instrução. A marcha não está relacionada aos manifestos sociais que acontecem em todo o país.

Os soldados, que estão armados, fazem uma marcha de 12 quilômetros, que deve durar aproximadamente 4h. Na próxima semana também haverá várias manobras que irá ampliar o leque de participação da infantaria.

Armados com fuzis, soldados participam de marcha em um percurso de 12 quilômetros em Três Lagoas (Foto: Marcelo Francisco)

Comentários