Apesar de toda a movimentação ainda não há nenhuma informação oficial e muito menos o destino do avião que estava sendo perseguido pelo Tucano da Força Aérea Brasileira

Aviões de caça A 29 o Super Tucano do Esquadrão Flecha da Força Aérea Brasileira teriam interceptado na manhã deste domingo (2) uma aeronave que não tinha informado seu plano de voo e a suspeita é de que estivesse transportando entorpecente. Todo o procedimento para a aterrissagem foi realizado no aeroporto de Três Lagoas, mas segundo testemunhas, quando se aproximava da cabeceira da pista, o piloto da aeronave arremeteu e continuou na tentativa de fuga.


Policiais Federais já estavam nas proximidades da pista para efetuar a prisão do piloto e a apreensão da aeronave que não pousou. Logo depois um helicóptero da FAB foi visto sobrevoando a cidade de Três Lagoas.

Há pouco três aviões Tucano da FAB pousaram no aeroporto internacional de Campo Grande e não há notícias da aeronave que estava sendo monitorada. Chegou-se a ventilar a informação de que a interceptação e o pouso seria no aeroporto de Dourados, mas o fato foi negado pelas autoridades consultadas pela reportagem. A Polícia Federal de Naviraí também descartou o pouso naquela cidade.
Apesar de toda a movimentação ainda não há nenhuma informação oficial e muito menos o destino do avião que estava sendo perseguidos pelos Tucanos da Força Aérea Brasileira.

(*) Antonio Coca e Ricardo Ojeda

Comentários