Investimentos da indústria de embalagens Amcor chegam a R$ 115 milhões; ampliação deve transformar a fábrica em uma das maiores do setor no mundo.

A fábrica da Amcor em Três Lagoas vai dobrar a capacidade de produção e ampliar para 720 os empregos diretos. A confirmação foi feita nesta terça-feira (17) pela diretoria da empresa no Brasil em teleconferência com o governador Reinaldo Azambuja e o secretário Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). 

“Será a maior fábrica global desse grupo, que é um dos maiores de embalagem do mundo. A gente fica muito contente por eles terem escolhido Mato Grosso do Sul, por estarem no nosso Estado e trazerem investimentos importantes que vão gerar emprego, renda e oportunidade para Mato Grosso do Sul, Três Lagoas e para toda aquela região”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja. Presente em todos os continentes, a Amcor é líder global no desenvolvimento e produção de embalagens para alimentos, bebidas, produtos farmacêuticos, médicos, cuidados domésticos e pessoais e outros produtos. 

Jaime Verruck explicou que a escolha da unidade de Três Lagoas para ser ampliada foi uma tratativa iniciada há um ano com o Governo do Estado e que o investimento vai ao encontro da política de diversificação da economia. “A partir do investimento, 60% dos brasileiros vão ter contato com uma embalagem produzida pela Amcor lá em Três Lagoas. Hoje, com o governador Reinaldo Azambuja, foi confirmado e assinado o termo de incentivos fiscais da Amcor. Ela vai fazer a ampliação da indústria já existente, gerando 331 empregos e chegando a julho do ano que vem com 720 empregos totais na planta em Três Lagoas e, além disso, trazendo novas linhas de produção”, disse o secretário. O investimento na ampliação será de mais de R$ 115 milhões.

Também participaram da videoconferência os diretores da empresa Ruben Melara, Alexandre Vidal e Manoel Padula, além do superintendente de Indústria, Comércio e Serviços da Semagro, Bruno Gouvêa Bastos.

Comentários