03/04/2014 12h01 – Atualizado em 03/04/2014 12h01

Erlon Bernal teria ido mostrar o carro que estava a venda, para um suposto comprador, que ligou e marcou o encontro

Da Redação

A família ainda não tem pistas da localização do comerciante Erlon Peterson Pereira Bernal, que desapareceu no dia primeiro de abril, em Campo Grande (MS).

Erlon teria ido mostrar o carro que estava a venda, para um suposto comprador, que ligou e marcou o encontro em uma rotatória da Avenida Interlagos com a Gury Marques, na região do Bairro Universitário, saída para São Paulo, na Capital.

A mulher do rapaz, desconfiou da demora do marido neste encontro e passou a ligar para o celular dele, mas não conseguiu resposta.

INSISTIR

De acordo com o estudante Vinícius Lucas, de 22 anos, primo de Erlon, um conhecido do comerciante passou pela rotatória por volta das 14h40min e viu quando ele mostrava o carro para o suposto comprador. Na ocasião, as quatro portas do veículo estavam abertas e a testemunha não quis parar no local para não atrapalhar a negociação.

Ainda conforme Vinícius, a pessoa que ligou para o seu primo insistiu em ver o carro no local combinado.

(*)Com informação de Correio do Estado

Erlon é casado, tem dois filhos e está desaparecido desde o dia primeiro (Foto: Divulgação/Facebook)

Comentários