02/04/2018 14h07

Bandidos cobriram a placa do carro para dificultar a identificação. As vítimas, no entanto, repassaram características peculiares que podem ajudar na identificação

Viviane Pinheiro

O feriado prolongado deu uma folga e a família realizava um churrasco, na companhia de amigos, no último sábado (31). Horas antes, o proprietário da casa estacionou um carreta com um barco e não percebeu o momento em que ladrões desencaixaram o engate, levando o veículo e carreta na rua Álvaro Inácio de Souza, bairro Monte Castelo.

“Meu tio vendeu um rancho da família e por isso tivemos que trazer o barco. Ele ficou ali por cerca de 20 horas e, após o churrasco, seria guardado na casa. Acredito que os assaltantes viram uma oportunidade passando ali e então levaram o veículo. Nós já repassamos as informações para a polícia, pois imagens captaram o crime na madrugada desse domingo”, comentou ao G1 o mecânico Rafael Ortiz Riquelme Calado, de 29 anos.

O veículo de seis metros azul, com a carreta na mesma cor, é avaliado em R$ 7 mil. “Ele foi estacionado ali às 8h30 do sábado e furtado às 4h14 do domingo. O cadeado já estava preparado para guardá-lo, mas, não deu tempo”, disse.

Os bandidos cobriram a placa do carro para dificultar a identificação. As vítimas, no entanto, repassaram características peculiares que podem ajudar na identificação. O furto qualificado foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro e será encaminhado para a Delegacia Especializada de Repressão ao Furto e Roubo de Veículos (Defurv). A pena pode chegar até oito anos de reclusão.

*G1

Barco da família foi furtado durante a madrugada (Foto: Rafael Calado/Arquivo Pessoal)

Comentários