17/01/2012 16h03 – Atualizado em 17/01/2012 16h03

De acordo com o boletim mensal Indicadores Industriais, houve interrupção, em novembro, da sequência de resultados predominantemente negativos das variáveis pesquisadas no ano. Na comparação com o mesmo mês de 2010, o crescimento foi de 4,6%

AGÊNCIA BRASIL

O faturamento da indústria cresceu 2,2% em novembro, na comparação com outubro, de acordo com dados divulgados hoje (17) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). De acordo com o boletim mensal Indicadores Industriais, houve interrupção, em novembro, da sequência de resultados predominantemente negativos das variáveis pesquisadas no ano. Na comparação com o mesmo mês de 2010, o crescimento foi de 4,6%.

As horas trabalhadas aumentaram 0,2% no mês, em relação a outubro, e a utilização da capacidade instalada cresceu 0,1 ponto percentual. A oferta de emprego ficou estável, após dois meses de queda. A massa salarial e o rendimento médio real do trabalhador tiveram alta frente a outubro.

O chefe do departamento econômico da CNI, Flávio Castelo Branco, disse que o resultado de novembro não indica impulso na atividade econômica, pois o crescimento do faturamento foi baixo levando em conta o resultado de outubro, que registrou 1,9% em relação a setembro. O setor que pode mostrar desempenho positivo mais visível, segundo ele, é o de vendas no varejo.

Indústrias elevaram o faturamento no mês de novembro
Foto: Arquivo

Comentários