15/05/2013 15h13 – Atualizado em 15/05/2013 15h13

Da Redação

Cálculos do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, mostram que no primeiro trimestre de 2013, o faturamento em dólar das exportações do agronegócio brasileiro cresceu 6% em relação ao mesmo período de 2012.

Esse resultado foi obtido apesar da redução de 8% dos preços externos (em dólar), já que essa perda foi mais que compensada pelo avanço de 19% do volume embarcado, principalmente de produtos do complexo sucroalcooleiro, milho, café, suco de laranja e carne bovina.

O câmbio real do agronegócio teve desvalorização de 5%, mas isso não foi suficiente para manter a atratividade das exportações brasileiras (Real recebido por unidade), que diminuiu 3% no primeiro trimestre de 2013 frente a igual período de 2012.

Esses percentuais se referem aos índices de exportação de volume (IVE-Agro), preços (IPE-Agro), câmbio (IC-Agro) e de atratividade (IAT-Agro) calculados pelo Cepea.

(*) Com informações de MS Notícias

Comentários