24/03/2012 10h16 – Atualizado em 24/03/2012 10h16

Polícia Militar Ambiental multa fazendeiro em R$ 80 mil

Fiscalização está sendo feita constantementeem propriedades rurais de Ribas do Rio Pardo

Rafael Furlan

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu estão realizando várias operações nas propriedades rurais de Ribas do Rio Pardo, com o objetivo de coibir ações de degradação de cursos d´água e áreas de preservação permanente – APP. Durante as operações, dois fazendeiros foram autuados e vão ter que pagar R$ 140 mil por construção ilegal de represa e degradação de nascentes.

Ontem pela manhã outro proprietário rural foi autuado por destruir todas as matas ciliares de um curso d´água na sua propriedade. Essa degradação foi verificada na Fazenda Santa Adélia, localizada próxima à BR 267, em Ribas do Rio Pardo. O proprietário foi autuado administrativamente e multado em R$ 80 mil e poderá responder por crime ambiental e ser condenado e pegar pena de 1 a 3 anos de detenção.

De acordo com a PMA, a recuperação de áreas degradadas pode ser iniciada voluntariamente, desde que acompanhada por um responsável técnico e comunicada ao órgão de meio ambiente. Isto evita multa e mais transtornos.

Fazenda Santa Adélia
Foto: Polícia Militar Ambiental

Comentários