16/04/2014 16h24 – Atualizado em 16/04/2014 16h24

O objetivo da feira é apoiar e estimular o trabalho e a geração de renda das famílias de pescadores de Jupiá

Larissa Lima com Assessoria

Desde às 7h desta quinta-feira (17) acontece a Primeira Feira de Pescados de Três Lagoas, na Avenida Eloy Chaves com a Avenida Rosário Congro, no Centro (mesmo local onde são realizadas as Feiras Livres e Noturnas). A iniciativa é da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com a Associação Feiratrês. A feira termina às 17h.

A ideia surgiu durante uma reunião entre o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Dutra, com os profissionais associados à Colônia de Pescados Z-3, no bairro Jupiá e o presidente da entidade, Antônio de Souza Farias, no dia 16 de março.

Foram expostas pelo Secretário, as condições legais para a realização de feira, classificada por ele como “uma oportunidade para divulgar a Colônia, incentivar e estimular o trabalho e a geração de renda das famílias que vivem da pesca”, destacou.

Nesta manhã, o Secretário frisou a importância dos pescadores estarem devidamente habilitados e licenciados junto aos órgãos competentes de Meio Ambiente (Polícia Militar Ambiental), Vigilância Sanitária e Prefeitura, que concede o alvará.

PREPARATIVOS

Para organizar a Feira, os profissionais da pesca receberam orientações do gerente da Feira Livre, Edivaldo Felix Pereira, o Vadinho, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

O gerente explicou a necessidade de que todos possuam o Alvará Eventual, que autoriza a comercialização específica na Feira de Pescados, além das demais exigências legais.

Ao sortear a localização das barracas, Vadinho também explicou que a realização desse evento conta com a parceria e apoio da Associação Feiratrês e que existem regras e exigências a serem seguidas para o uso da estrutura funcional da Feira, como água, energia, higiene e outros cuidados de Saúde Pública.

ESPÉCIES

Os pescadores anteciparam que a população de Três Lagoas terá oportunidade de comprar peixes de água doce, inteiros ou em filés, próprios do Rio Paraná, Rio Sucuriú e de criadouros em Tanques Rede. Entre elas estão, pintado, tilápia, corimba, piapara, corvina, pacu e porquinho e outras.

Os pescados vão ser comercializados no local onde é realizada a feira livre, no centro da cidade (Foto: Léo Lima)

Espécies do Rio Paraná e Sucuriú serão comercializados inteiros ou em filés durante a feira (Foto: Arquivo/ Perfil News)

Secretário e pescadores discutiram os últimos detalhes para a realização da Feira (Foto: Assessoria)

Comentários