24/02/2012 08h42 – Atualizado em 24/02/2012 08h42

O estudo traz o custo econômico dos feriados para o setor em todo o Brasil ao longo deste ano

Campo Grande News

O setor industrial de Mato Grosso do Sul pode deixar de faturar R$ 308 milhões este ano por conta dos feriados nacionais, estaduais e municipais. Informação consta na pesquisa “O Custo Econômico dos Feriados”, realizada pelo Sistema Indústria em 26 estados.

Em âmbito nacional, de acordo com a sondagem, os prejuízos devem chegar a R$ 44,9 bilhões, o que representa até 4,4% do PIB Industrial brasileiro.

Ao longo deste ano, serão dez feriados nacionais, um estadual e 43 municipais. Para o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen, essas comemorações colocam em risco a competitividade do setor industrial estadual e brasileiro.

“Se tirarmos dos 365 dias todos esses feriados, além dos 147 dias que trabalhamos por ano apenas para pagar impostos, sobram pouco mais de 102 dias para produzirmos. Dessa forma fica difícil competir”, avaliou.

A paralisação excessiva da atividade econômica gerada pelo excesso de feriados será ainda maior em 2012 porque muitos feriados ocorrerão nas terças e quintas-feiras, originando pontos facultativos ou a prática costumeira de “enforcamentos”.

O estudo aponta ainda uma solução para reduzir os custos da paralisação: adiantar para as segundas-feiras os feriados que caírem nos demais dias da semana, conforme destaca o projeto de Lei Federal nº 2.257, de 2011, com exceção dos feriados de Confraternização Universal (1º de janeiro), Independência (7 de setembro) e Natal (25 de dezembro).

Comentários