19/03/2012 17h18 – Atualizado em 19/03/2012 17h18

Ferramenta que mapeia crimes em tempo real já esta em operação no Estado

Da Redação*

A ferramenta é um software desenvolvido pela Sejusp que faz o monitoramento digitalizado a partir de denúncias e ocorrências, e irá permitir que as policiais acompanhem de forma online os crimes em cada localidade, identificando dia, hora, local e principais características da dinâmica do delito.

Segundo o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, o georreferenciamento é uma ferramenta essencial na gestão das unidades policiais e já está em operação no Estado. “No início deste mês concluímos a capacitação dos servidores e durante o treinamento, foram apresentados os recursos, as ferramentas e a metodologia dos relatórios de analises criminais do software”, disse.

O georreferenciamento, explicou o titular da Sejusp, integra o Plano MS Forte Segurança em 2011, visando à redução da criminalidade no Estado, utilizando como instrumento a inteligência artificial, ou seja, a análise dos dados estatísticos produzidos pelas instituições da segurança.

“Esta fase de operacionalização do sistema representa um grande avanço e a partir de agora, os comandantes da PM e os delegados da PC podem acessar de imediato aos dados criminais e monitorá-los diariamente, possibilitando o planejamento de ações preventivas e repressivas de combate à criminalidade com mais eficiência, eficácia e efetividade” ressaltou Jacini.

Controle

A Sejusp fará um acompanhamento à distância da periodicidade da utilização do georreferenciamento pelos dirigentes das unidades. O secretário afirmou que os órgãos de segurança precisam trabalhar sistemicamente e que a ferramenta foi desenvolvida para auxiliar nas ações preventivas, repressivas e investigativas.

Wantuir Jacini ressalta que é importante delegados e comandantes estarem permanentemente atentos às suas áreas de atuação para uma gestão sistêmica. “A gestão precisa ser feita cotidianamente, a fim de sedimentar a cultura de se trabalhar com os dados correntes, ou seja, aquele conhecimento disponível nos bancos de dados, formando a inteligência artificial até que apresentem os resultados práticos, que é a efetividade do trabalho prestado à sociedade”, concluiu.

(*) Com informações Noticias /MS

Mapa digitalizado mostra onde e quais são as características dos crimes.

Sejusp conclui treinamento de policiais para operar sistema de mapeamento

Comentários