16/11/2006 10h25 – Atualizado em 16/11/2006 10h25

Dourados News

Com o tema: “Fetems: Quebrando Preconceitos”, o Departamento Anti-Racismo da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra, lança no próximo sábado, dia 18 de novembro, mais uma Aula da Cidadania. A Federação produziu um subsídio com 50 mil exemplares, que foram distribuídos em todo estado, para que cada escola trabalhe o tema em sala de aula, nas próximas semanas. Para o presidente da Fetems, professor Jaime Teixeira, a produção do material é um incentivo aos trabalhadores (as) em educação. “O objetivo é fazer um debate da cultura dos afros-descendentes e contribuir para que, de forma democrática, façamos também o debate dos preconceitos de nossa sociedade dentro da sala de aula”, prioriza Teixeira. A aula, que acontece neste sábado na Comunidade Furnas do Dionísio, aproximadamente 35 quilômetros da Capital, vai discutir a implementação da Lei 10.639/2003 de Educação Anti-Racista, que estabelece a obrigatoriedade do ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana na Educação Básica. A Fetems acredita que através da preparação de trabalhadores (as), para ensinarem sobre a história da escravidão e temas afim, possa haver a construção de uma sociedade mais igualitária em todos os sentidos. Para a diretora do Departamento da Mulher Trabalhadora da Fetems, professora Ildonei de Lima Pedra, o importante é envolver todas as instâncias da educação. “A Aula da Cidadania deve atingir toda escola, direção, coordenação, administrativos, alunos (as), professores (as) e familiares. Não podemos nos calar, pois o racismo na educação existe e a Aula vem para combatê-lo”, ressalta. Ao estudar o material produzido pela Federação, que vai atingir mais de 450 mil alunos em todo Estado, afirma-se um debate para o fim das injustiças até então cometidas com negros e negras no Brasil. O material inclui explicações sobre a Lei 10.639/2003, implementações em Mato Grosso do Sul, e ainda curiosidades, informações e sugestões de atividades, que os professores (as) podem utilizar durante todo ano letivo com os alunos (as). Lançamento em Furnas: A comunidade Furnas do Dionísio possui hoje cerca de 105 famílias com mais de 385 pessoas, e está localizada no distrito de Jaraguari. As atividades serão realizadas na Escola Estadual Zumbi dos Palmares e no Barracão da Associação dos Pequenos Produtores Rurais, que fica ao lado da escola. De acordo com a diretora da escola, professora Jussara da Silva Ribeiro, todas as famílias foram convidadas a prestigiar o evento. Programação: O evento começa às 8 horas com um culto e em seguida terá a Aula da Cidadania: “Fetems Quebrando Preconceitos”; depois acontece a apresentação de um Coral na Língua Kicongo, após o coral haverá ginga com grupos de Capoeira, jogos de futsal. No período da tarde o público confere apresentações de peças de teatro, homenagens no espaço: “Heróis da nossa Terra”, entrega do título de Cidadão Benemérito, em seguida Dança do Engenho e, por fim, Catira.

Comentários