09/04/2015 10h27 – Atualizado em 09/04/2015 10h27

Diretor Florestal e gerente de Silvicultura participarão de debates e palestras durante o evento

Assessoria

Para contribuir com a troca de experiências e fomentar o setor florestal no Estado de Mato Grosso do Sul, a Fibria apoia e participa da quarta edição do Congresso MS Florestal, cujo tema é “Novos desafios da indústria de árvores no MS”.

Maior produtora mundial de celulose de eucalipto, a Fibria possui florestas e unidade fabril em Três Lagoas, na região leste do Estado. Pioneira no setor de celulose no Mato Grosso do Sul, a unidade da Fibria em Três Lagoas está em operação desde 2009 e tem capacidade de produzir 1,3 milhão de toneladas de celulose por ano.

Realizado pela a Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas (Reflore), o congresso acontecerá no centro de convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande – MS, de 13 a 15 de abril.

No dia 13/4, às 19h, o diretor Florestal da Fibria, Aires Galhardo, participa da solenidade de abertura do evento. No dia seguinte (14/4), às 10h25, Galhardo será um dos convidados do painel “Transporte – Necessidades de Investimentos de curto, médio e de longo prazo para o MS”. O moderador será o Secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck.

No dia 15/4, o gerente de Silvicultura da Fibria em Três Lagoas (MS), Tomás Balistiero, irá palestrar sobre as oportunidades e os desafios para competitividade no setor florestal em Mato Grosso do Sul.

SERVIÇO

O MS Florestal é voltado para estudantes e profissionais da área florestal. As inscrições podem ser feitas por meio do endereço http://msflorestal.com.br/.

SOBRE A FIBRIA

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos oriundos da floresta. Com capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose, a companhia conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), além de Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-venture com a Stora Enso.

(*) Fibria/MS

Comentários