06/04/2016 11h04 – Atualizado em 06/04/2016 11h04

Novo pacote inclui montagem eletromecânica das interligações das áreas de processo da nova linha de produção de celulose da empresa

Assessoria

A Fibria, empresa brasileira de base florestal e líder mundial na produção de celulose de eucalipto, acaba de contratar a execução da montagem eletromecânica responsável pela interligação de todas as áreas de processos, conhecida como BOP (sigla em inglês para Balance of Plant), do Projeto Horizonte 2, que prevê a ampliação da linha de produção de celulose em sua unidade de Três Lagoas (MS).

Nessa primeira etapa, a montagem elétrica e mecânica estão concentradas na instalação dos pipe racks, que são as estruturas metálicas utilizadas na sustentação de tubulações que transportam os insumos do processo de produção de celulose, como químicos, água, ar comprimido, dentre outros; bem como na fabricação de dutos da chaminé e das tubulações de captação de água e tratamento de efluentes.

A montagem eletromecânica será executada pela empresa Imetame Metalmecânica e a Pöyry será responsável pela engenharia e gerenciamento desse pacote.

Com investimento de R$ 8,7 bilhões, o projeto de expansão da Fibria vai gerar ao longo das obras 40 mil empregos e, ao final do projeto, 3 mil postos de trabalho diretos e indiretos. A Unidade de Três Lagoas da empresa terá sua capacidade de produção aumentada em 1,75 milhão de toneladas de celulose/ano. Com a ampliação, a unidade da Fibria em Três Lagoas somará capacidade de 3,05 milhões de toneladas de celulose/ano.

SOBRE A FIBRIA

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos oriundos da floresta. Com capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose, a companhia conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), além de Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-operation com a Stora Enso. A companhia possui 969 mil hectares de florestas, sendo 568 mil hectares de florestas plantadas, 338 mil hectares de áreas de preservação e de conservação ambiental e 63 mil hectares destinados a outros usos. A celulose produzida pela Fibria é exportada para mais de 40 países. Em maio de 2015, a Fibria anunciou a expansão da unidade de Três Lagoas, que terá uma nova linha com capacidade produtiva de 1,75 milhão de toneladas de celulose por ano, e entra em operação no quarto trimestre de 2017. Saiba mais Fibria

Fibria contrata novos serviços para a expansão da unidade de Três Lagoas. (Foto: Assessoria)

Comentários