10/06/2015 17h22 – Atualizado em 10/06/2015 17h22

A Fibria, empresa brasileira de base florestal e líder mundial na produção de celulose de eucalipto, foi escolhida, este ano, como empresa geradora de mudanças e tendências pela empresa sueca Hexagon, líder mundial em tecnologias de design, medição e geolocalização

Assessoria

O prêmio foi criado pela Hexagon como parte do seu compromisso de incentivar a constante busca de mudanças tecnológicas para melhorar a vida das pessoas ao redor do mundo, reconhecendo ações e esforços em parceiros e clientes.

O reconhecimento foi entregue para o gerente de Silvicultura e Viveiro ES/BA da Fibria, Rodrigo Zagonel, durante a abertura da conferência anual da Hexagon, a HxGN LIVE, em Las Vegas (EUA), no dia 1º de junho.

“Esse prêmio é muito importante porque mostra que estamos trilhando os caminhos da criatividade e da inovação dentro do setor florestal. E esses esforços, que estão na rotina de cada um dos profissionais da Fibria, estão sendo percebidos por grandes influenciadores mundiais”, afirma Aires Galhardo, diretor Executivo Florestal da Fibria.

Com 200 anos de história, a Hexagon é referência mundial em tecnologias de design, medição e geolocalização e, desde 2011, organiza a HxGN LIVE. O evento discute as últimas tendências tecnológicas nas áreas industrial e geoespacial, além de propor e discutir ideas e soluções sobre o tema. Na premiação deste ano, além do evento em Las Vegas, Hong Kong receberá uma edição em novembro.

SOBRE A FIBRIA

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa 100% brasileira que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos oriundos da floresta. Com capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose e cerca de 17 mil trabalhadores, a companhia conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), além de Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-venture com a Stora Enso.

A Fibria possui uma área florestal de aproximadamente 968 mil hectares, localizada em seis estados brasileiros (São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Mato Grosso do Sul). Deste total, mais de 343 mil hectares são destinados à conservação ambiental. A companhia tem uma forte atuação no mercado externo, exportando mais de 90% de sua produção para países da Europa, Ásia e América Latina e Estados Unidos. A Fibria tem ações negociadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE). A empresa faz parte das carteiras do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) da BM&F Bovespa e do DJSI (Índice Dow Jones de Sustentabilidade), da Bolsa de Nova York (NYSE).

Saiba mais em Fibria

(*) Assessora de Imprensa Fibria | Mato Grosso do Sul

Comentários