15/08/2014 17h54 – Atualizado em 15/08/2014 17h54

O presidente Sérgio Longen prevê entregar a obra em setembro do próximo ano

Da Redação

Durante cerimônia realizada nesta sexta-feira (15/08) na Praça Brasil, no centro de Nova Andradina, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, anunciou o investimento de R$ 13 milhões no CISS (Centro Integrado Sesi Senai) do município, já incluindo R$ 7 milhões em obras e R$ 6 milhões em móveis e equipamentos. O espaço será edificado em terreno de 32.850 m², localizado na rodovia MS-134, e foi doado pela Prefeitura Municipal, por meio da Lei n° 1.208, de 3 de junho de 2014.

“A previsão é de que obra deve ser iniciada até novembro deste ano e inaugurada em setembro de 2015 para que as matrículas nos cursos de formação profissional do Senai e na educação básica do Sesi sejam abertas para início das aulas em janeiro de 2016”, declarou Sérgio Longen, completando que a construção do CISS de Nova Andradina integra as ações do Sistema Fiems, que têm marcado o desenvolvimento do Estado. “Temos orgulho de podermos estender as nossas ações para todas as regiões de Mato Grosso do Sul”, reforçou.

Ao todo, conforme informou o presidente da Fiems, a área construída vai totalizar 4.416 m², dos quais 3.575,25 m² serão do pavimento térreo, 266,23 m² do pavimento superior e 575 m² da quadra poliesportiva. A obra inclui sete salas de aula, um laboratório físico-químico, um laboratório de desenho assistido por CAD, uma oficina metalmecânica, uma oficina de solda, uma oficina eletroeletrônica, uma oficina multiuso, uma cantina, uma quadra coberta, almoxarifado, biblioteca, sala de professores, um bloco de atendimento de saúde e segurança no trabalho e um bloco administrativo.

No CISS de Nova Andradina serão disponibilizados serviços nas áreas de educação básica articulada com a educação profissional, concentrando, em um único local, o mais completo espaço de formação da cidadania aliado à capacitação profissional. O espaço oferecerá ainda educação (Ensino Médio e Educação para Jovens e Adultos), esporte, saúde (geral e ocupacional), lazer e cultura disponibilizados pelo Sesi e aprendizagem industrial, qualificação e aperfeiçoamento profissional, além da educação profissional técnica de nível médio, oferecidas pelo Senai.

O diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, acrescentou que a construção de um CISS em Nova Andradina representa o avanço do setor industrial. “Estamos presentes no município ha oito anos e, mesmo com uma estrutura modesta, conseguimos mais de mil matrículas em 2013. Com essa nova estrutura, maior e mais completa, será possível vencer os desafios da região, pois teremos condições de ampliar a diversidade dos cursos oferecidos atualmente”, avisou.

REPERCUSSÃO

Para o prefeito de Nova Andradina, Roberto Hashioka, o trabalho do presidente Sérgio Longen à frente do Sistema Fiems tem de ser enaltecido. “O nosso município tem sido contemplado com ações importantes e o CISS é um bom exemplo disso. Essa unidade, que será construída em uma área bem localizada, vai fortalecer as ações do Sesi e Senai junto as indústrias instaladas na região”, analisou, lembrando que os trabalhadores são os maiores beneficiados com essa obra.

Já a deputada estadual Dione Hashioka afirmou que Nova Andradina está em festa pelo anúncio feito pelo presidente da Fiems. “É com muito orgulho que represento a Assembleia Legislativa nesse evento. Parabenizo a Fiems e a Prefeitura pela expansão e modernização do Senai, uma entidade que nasceu para durar”, ressaltou. A analista de desenvolvimento de pessoas da indústria sucroenergética Santa Helena, Laura Nogueira Grola, o CISS será muito importante para cidade, para os cidadãos e para as indústrias da região. “Nós da Santa Helena já somos parceiros do Senai e essa parceria vai melhorar ainda mais com a chegada desse Centro Integrado”, analisou.

O gerente da JBS de Nova Andradina, Odair Corneto, declarou que o CISS já era bastante esperado pela população da cidade porque trará muitos benefícios à indústria, que necessita de mão de obra qualificada. “Agora, além da qualificação, também serão oferecidas educação básica, esporte, cultura e lazer. É bom para a cidade esse bem-estar para a população”, avaliou. O operador de colheitadeira Márcio Antônio Dan, 38 anos, acredita que o espaço era o que faltava para Nova Andradina. “Essa obra do Senai vai trazer mais opções de cursos de formação profissional. Tem muita oferta de serviço e precisa de gente qualificada para toda a região”, disse.

(*) Com informações de Assecom Fiems

A área construída vai totalizar 4.416 m², dos quais 3.575,25 m² serão do pavimento térreo, 266,23 m² do pavimento superior e 575 m² da quadra poliesportiva (Foto: Divulgação/Assecom)

O espaço será edificado em terreno de 32.850 m², localizado na rodovia MS-134, e foi doado pela Prefeitura Municipal, por meio da Lei n° 1.208, de 3 de junho de 2014 (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários