30/09/2019 09h21

Garoto se disse “cansado” de ver cenas de violência protagonizadas por padastro

Correio do Estado

Uma mulher de 30 anos foi salva pelo próprio filho, de 7, que ao ver a mãe sendo espancada por um ex-namorado, de 39, pegou o telefone e ligou por conta própria ao telefone de emergência 190 para acionar a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul.

O caso aconteceu no último sábado (28), em Iguatemi. Segundo a polícia, a ligação para a PM afugentou o agressor, que fugiu e é procurado até a publicação desta reportagem.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na delegacia da cidade, o garoto se disse “cansado” de ver a mãe apanhando. Neste sábado, o suspeito desferiu diversos soscos na vítima e a estava ameaçando com uma faca quando o garoto saiu de sua cama e flagrou a cena.

O Correio do Estado apurou na delegacia que vítima e agressor mantiveram um relacionamento por cerca de dois anos, até que as agressões começaram, principalmente por motivos de ciúmes.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, ela tinha medida protetiva de urgência contra o agressor, após procurar a Justiça local por conta de ameaças de morte sofridas pelo suspeito por meio de redes sociais.

Em seu relato, bastante emocionada, a mulher disse que era a segunda vez desde a emissão da medida que ele fora até sua casa, mas que não denunciou com medo do filho sofrer algum tipo de violência.

Comentários