14/11/2006 08h17 – Atualizado em 14/11/2006 08h17

Folha da Região de Araçatuba

Quando a grande maioria da população em todo o mundo acessa a internet, clica em um ícone azul, na forma de um “e”, para abrir o navegador (browser). O programa já vem instalado no computador se o usuário utilizar outra quase unanimidade: o sistema operacional Windows. O tal navegador embutido no sistema é chamado “Internet Explorer (em português, “Explorador da rede mundial de computadores”), ou simplesmente IE. Ele e o sistema operacional Windows (em português, “Janelas”) trabalham juntos, pois são crias da mesma empresa, a norte-americana Microsoft. Como o sistema operacional da grande maioria dos computadores do planeta traz embutido o IE, fica quase impossível concorrer com ele. Ficava. O Firefox (Em português, “Raposa de fogo”) começou modesto, mas ganhou tantos usuários que obrigou Bill Gates a se render aos seus atributos e imitá-los na versão 7, lançada recentemente. Criado pela Mozilla Foundation em 2002, com o nome inicial de “Phoenix”, o Firefox chegou à segunda versão também recentemente, e continuou a superar o browser da Microsoft em muitos, muitos detalhes mesmo. O primeiro e mais importante é a segurança. Enquanto o IE parece uma peneira de tantas brechas, o concorrente segue resistindo. É claro que possui problemas, mas em uma escala muito pequena. E as falhas são rapidamente corrigidas, e automaticamente. Já o Internet Explorer é corrigido apenas quando o internauta recorre às atualizações do Windows (Windows Update). Segundo detalhe: o Firefox abre páginas muito mais rápido. E pode melhorar mais se instalar uma extensão chamada “Fasterfox”. Aliás, esse é outro grande diferencial do navegador da Mozilla: as extensões. Quando você baixa o programa, ele vem praticamente pelado. Sua aparência é simples, mas prática e está mais bonita. Ao lado da barra de endereços, vem outra padrão, com um mecanismo de pesquisas. Nela está o Google, que dá o maior apoio ao desenvolvimento do programa, que tem código aberto, e outras, como “Mercado livre”. Você pode instalar mais, como o “Baixaki” (site de downloads), o You Tube (site de vídeos na internet) e até a enciclopédia livre chamada Wikipédia. O usuário digita neste espaço uma palavra-chave e dá um enter para pesquisar na web. NOVIDADES – A versão 2 do Firefox, disponível em português do Brasil, traz várias novidades: novos botões, ícones e barra de abas; novo campo de pesquisa, com a janela “Organizar”; nova janela “Complementos”, englobando extensões e temas; janela “Opções” reorganizada e menu “Ir” rebatizado para “Histórico” e com novas funções. Muitas páginas usam um golpe conhecido como “phishing” para enganar usuários, fazendo-se passar por páginas legítimas. O Firefox 2 tem dois métodos para detectar esses sites: consultando o Google a cada página visitada ou armazenando uma lista com endereços de páginas falsas – método padrão. Quando o Firefox trava ou é necessário reiniciar (para instalar uma extensão ou atualização), todas as janelas e abas são restauradas automaticamente. Há ainda uma opção para o Firefox sempre restaurar a última sessão ao iniciar, sem você perder nada. EXTENSÕES – Com as extensões, você pode turbinar o Firefox. Como são desenvolvidas livremente, é possível encontrar mais de duas mil para um montão de funções – veja texto nesta página. Há extensões para melhorar ainda mais a velocidade do programa, para copiar vídeos do You Tube, barrar propagandas, barrar flashs, navegar utilizando o mouse (você faz riscos com o botão direito e vai para frente, para trás, abre nova aba, vai para a página inicial…), eliminar botões ou incluir, melhorar downloads, criar “favoritos” online, bloquear imagens, ver se chegou e-mail no Gmail (programa de e-mails da Google), ouvir música, previsão do tempo, etc. E tudo é de graça. TEMAS – Você pode trocar o tema (skin) de seu Firefox facilmente. Como as extensões, há milhares disponíveis na internet para todos os gostos, inclusive se quiser ficar com a cara do próprio IE 7, chamada de “Firefox Vista”, uma alusão ao futuro sistema operacional da Microsoft chamado “Windows Vista”, que substituirá o XP. Uma das mais famosas é a “Noia”, com desenhos modernos de botões. Há o site oficial do programa, mas existem na internet muitos colaboradores que criam sites alternativos. ABAS – Quando precisa trabalhar com vários sites ao mesmo tempo, o usuário vai abrindo novas janelas do navegador, ocupando mais e mais memória. O Firefox acabou com isso utilizando abas dentro do próprio programa. É possível abrir várias, passando de uma para outra utilizando as teclas Ctrl + tab. Abra também um endereço qualquer em uma nova aba segurando a tecla Ctrl e clicando no link. Ou simplesmente clique no link com o botão direito e escolha “abrir em nova janela”. Se quiser um preview de todas as abas em um espaço ao lado (sidebar), instale a extensão Tab Sidebar. PALAVRA-CHAVE – Quando o Firefox é instalado, ele permite ao usuário importar todas as configurações do IE, inclusive seus favoritos. Um recurso interessante é a palavra-chave. Clique com o botão direito em um endereço de site nos seus favoritos e atribua a ele uma palavra ou letra. Por exemplo: se você tem vários e-mails, dê a eles um nome e uma letra, como “e1”, “e2”, etc. Depois disso, é só clicar na barra de endereços, digitar “e1” e apertar a tecla “enter”. Pronto, o site vai abrir a página sem a necessidade de você ter que abrir seus favoritos e clicar no endereço. RSS – Um RSS é um endereço na internet que serve para monitorar as novidades de um site. Esse endereço deve ser inscrito em um programa que entenda RSS. É útil quando você quer acompanhar muitos sites, como a Folha da Região. O Firefox detecta se uma página utiliza RSS mostrando um ícone no canto direito do campo de endereço. Clique no ícone e o Firefox vai mostrar o conteúdo e perguntar em qual leitor você deseja inscrevê-lo. É possível inscrever no próprio Firefox, pelos favoritos. Ao inscrever um RSS no Firefox, ele torna-se uma pasta de favoritos. O conteúdo da pasta é periodicamente atualizado pelo Firefox. Para tornar o suporte mais poderoso, é possível instalar extensões. BACKUP – Você precisa formatar o computador ou quer utilizar os mesmos recursos instalado do Firefox de sua casa em seu trabalho? Então, faça um backup completo. Utilize o programa MozBackup, que é gratuito e pode ser baixado em http://mozbackup.jasnapaka.com, em inglês. Se quiser traduzir o MozBackup, clique no link “Translation” e baixe o arquivo em português. Ele vem compactado (zipado). Descompacte-o dentro da pasta onde o programa foi instalado, geralmente em C:Arquivos de programasMozBackup e substitua o arquivo original. ERROS – O Firefox segue os padrões da W3C (World Wide Web Consortium), um consórcio de empresas de tecnologia que desenvolve tecnologias padrões da web para a criação e a interpretação dos conteúdos. O problema é que o IE não segue esses padrões – ou pelo menos não seguia até a atual versão 7. Assim, muitas páginas desenvolvidas na internet somente funcionam direito no navegador da Microsoft. Sem saber dessa falta de compatibilidade, muitas pessoas se recusam a usar o Firefox, alegando que “não funciona direito”, quando na verdade é justamente o contrário. Para resolver esse problema, foi criada uma extensão, a “IE View”. Assim, quando o internauta se depara com esse tipo de irregularidade, basta clicar com o botão direito em qualquer canto da página e escolher a opção “Ver esta página no IE”. Extensões ajudam a turbinar o Firefox As extensões do Firefox são encontradas em vários sites, oficial ou de colaboradores. Para instalar, clique no link, espere abrir uma janela com contagem e depois clique em “OK”. Antigamente, era necessário fechar o programa e abri-lo de novo, manualmente, para as extensões funcionarem. Na versão 2, há um botão que fecha e restaura o Firefox automaticamente, abrindo da mesma forma que fechou, indepe
ndente de várias janelas abertas. Veja algumas extensões úteis: Fasterfox – Turbina o navegador. Adblock – Bloqueia elementos normalmente usados para propagandas, como imagens, plugins e iframes. Flashblock – Bloqueia flashs nos sites. Febe – Faz backup de todos os recursos do programa. Compact Menu – Deixe os botões de navegação disponibilizados da forma que quiser, ou tire quais quiser. Mouse Gestures e All-in-on-gestures – Permite navegar em páginas da internet com gestos do mouse. Aging Tabs – Muda as cores das abas. Fast Video Downloader – Copia vídeos do You Tube. IE View – Visualize página com o Internet Explorer. Tab Mix Plus – Incrementa a navegação em abas. Minimizetotray – Manda o Firefox para a bandeja ao lado do relógio do computador quando minimizado. SERVIÇO Faça o download do Firefox 2 em português: http://br.mozdev.org/firefox Tudo sobre o Firefox: http://br.mozdev.org/firefox/vocesabia http://pt.wikipedia.org/wiki/Firefox Copie extensões nos endereços abaixo: http://br.mozdev.org/firefox/vocesabia/?extensoes http://mozfirefox.blogspot.com http://firefoxneles.blogspot.com http://www.extensionsmirror.nl/index.php?showforum=2 (em inglês) Copie temas nos seguintes endereços: https://addons.mozilla.org/firefox/themes (em inglês) http://www.extensionsmirror.nl/index.php?showforum=24 (em inglês). Moderno, imitando o concorrente O Internet Explorer 7 está disponível para download, mas ainda em inglês. E não pode ser instalado se o sistema operacional Windows XP do usuário for pirata. Aliás, essa é a primeira checagem que o programa faz quando começa a demorada instalação. O visual é bonito, moderno e mais prático. O restante foi descaradamente copiado do Firefox. O programa da Microsoft utiliza agora abas para abrir várias janelas. E você pode ver um preview delas com o recurso “Quick Tabs”, assim como na “Raposa de fogo”. E tem mais: o IE tem agora como padrão um mecanismo de pesquisa ao lado do espaço para digitar endereços, igual ao concorrente. O site padrão é o MSN, mas o usuário pode usar também o Google mexendo nas configurações. Um dos diferenciais do programa é um sistema de impressão, que adapta a página para caber no papel. As fontes são melhor visualizadas. Outro benefício: é possível ler RSS no próprio navegador, como uma página qualquer. No Firefox, os links ficam nos favoritos. Os dois navegadores têm um sistema antipishing, que promete detectar e barrar sites mal-intencionados, que queiram jogar vírus no PC ou roubar as informações do usuário. Um teste feito pelo site Link, da Folha de S.Paulo, mostrou que ambos os sistemas deixam a desejar. O novo IE também permite ao usuário mais detalhe na hora de limpar dados de navegação, como histórico, senhas, arquivos temporários. Igual ao Firefox. SERVIÇO Baixe o Internet Explorer 7, em inglês: http://www.microsoft.com/windows/ie/downloads/default.mspx Instale recursos para turbinar o programa: http://www.ieaddons.com (em inglês, e alguma são pagas)

Comentários