18/04/2018 15h05

Delegado diz que pouco mais de 30 pessoas foram presas nesta operação. Homens possuem envolvimentos em homicídio, tráfico e associação criminosa

Redação

Um homem de 23 anos foi preso na manhã desta quarta-feira (18), em Três Lagoas, a 313 km de Campo Grande. O suspeito é um dos foragidos da operação Katagógis, que apura o envolvimento de pessoas em crimes de homicídio, receptação, roubo e tráfico de drogas.

Ao G1 o delegado Ailton de Freitas, responsável pelas investigações, disse que houve uma denúncia anônima sobre o paradeiro do suspeito e ele então foi capturado. “São cinco meses de investigações nesta operação e já fechamos em torno de 32 presos. As buscas agora continuam no sentido de prender mais foragidos da Justiça”, comentou o delegado.

Ainda conforme Freitas, os investigadores chegaram no Conjunto Habitacional Novo Oeste por volta das 6h (de MS). Eles foram até o condomínio Pardal, no bloco “R”, encontrando o jovem que estava com dois mandados de prisão em desfavor dele, sendo um de tráfico de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa. O outro seria por homicídio doloso. O corpo desta vítima inclusive foi encontrado na região da cascalheira, em agosto de 2017.

No momento da prisão, o homem estava escondido em um apartamento abandonado. Antes, os policiais já tinham feito buscas na residência dele e o suspeito temia ser preso. A polícia ainda o aponta como suspeito de outra morte, ocorrida no mês de fevereiro deste ano. Neste último caso, a vítima teria sido sequestrada e o corpo encontrado às margens da BR-158, próximo a um frigorífico, na saída para Brasilândia.

O homem permanece em um presídio local, à disposição da Justiça. Quem tiver denúncias do paradeiro de mais envolvidos pode ligar no telefone 67 3929-1173 ou 3521-4984.

Entenda o caso

A investigação teve início em agosto de 2017, após a morte de um usuário de drogas por um traficante. A partir daí, foram identificados diversos suspeitos de envolvimento em execuções por dívidas de entorpecentes. Há homicídios em apuração e outros com inquéritos já concluídos.

*G1

Policiais realizam mega operação contra o crime organizado em MS (Foto: Lia Freitas/TV Morena)

Comentários