Formato online foi pensado para se adaptar ao período de pandemia; convidados vão interagir remotamente com os apresentadores

A pandemia global de COVID 19 prejudicou a realização de muitos eventos – inclusive a organização da Parada da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+, que tradicionalmente acontece no mês de junho. Porém, para mostrar o orgulho e celebrar conquistas, o Fórum Estadual LGBT-MS decidiu realizar, online, no dia 20 de setembro, a partir das 16h, a Parada da Diversidade online de Mato Grosso do Sul no canal do Youtube da entidade

O tema do ato deste ano é “A democracia tem todas as cores” e a expectativa da organização é de atrair o máximo de pessoas entre LGBT+ e simpatizantes nos municípios do estado e fora dele, e será transmitida simultaneamente em canais no YouTube do Fórum e da cantora Paolla, os convidados vão interagir remotamente, com os apresentadores ao vivo, respeitando todas as medidas de biossegurança, em estúdio. A previsão é que a Parada tenha cerca de quatro horas de duração.

A parada teve que se adaptar à pandemia do novo coronavírus (covid-19), com apresentação e participação de vários influenciadores, artistas nacionais e regionais como Hugo Bonemer (ator Global), Mauro Sousa (Diretor da Maurício de Sousa Produções – Turma da Mônica), Dumaresk (The Circle Brasil – Netflix) e da blogueira Thiessa, todos de forma totalmente voluntária, inclusive o show de encerramento, a cantora Paolla, que cedeu parte da estrutura do seu show, transmissão no seu canal e se apresentará voluntariamente. 

Para Felipe Hespporte, um dos artistas do evento, é muito importante a realização da Parada, mesmo que online. “Eu nunca duvidei da importância até eu ir pela primeira vez, presencialmente, há uns 4 anos, coincidindo quando havia começado a me montar. Quando pude estar lá, senti a felicidade de uma comunidade em um dia onde todos podem ser o que são, sem medo de estarem ali celebrando isso. Com essa pandemia, que pegou todos de surpresa, fazer uma versão online do evento é uma maneira de lembrarmos que teremos essa mesma sensação, porém em suas casas, seguros do vírus. Nessa loucura toda o entretenimento on-line aumentou ainda mais, e a necessidade do consumo dele também,acaba sendo até mais fácil para alguns artistas “de casa” se expressarem e estarem ali, em comunidade, ou até mesmo atingir um outro público que não poderia estar, mesmo se fosse presencial. É muito bom sempre ter quem lute pela comunidade e tenta acrescentar para trazer essa alegria pra todos, ajuda e união nunca é demais”.

“Confiamos que a nossa população LGBT+ e as pessoas aliadas com a nossa pauta, reajam de forma extremamente positiva diante das atrações, nesse sentido, a Parada online tem como objetivo ampliar a voz da população LGBT+ de MS junto à comunidade e oferecer um aporte para que os Movimentos Sociais, ONGs conquiste mais espaço, principalmente nos dias de hoje onde vivemos um cenário totalmente truculento para nós LGBT+, esperamos que as apresentações além de bonitas, sejam poderosas e impactantes para que as pessoas reflitam sobre a nossa forma de viver e espalhar o amor na sociedade contemporânea”, disse Edmilson Cardoso da Cruz, Presidente do Fórum Estadual LGBT-MS.

Comentários