04/07/2017 09h55

As vítimas realizavam trabalhos sociais no município de Sidrolândia. Um suspeito pelo crime foi preso em flagrante

Flávio Veras

Um grupo, formado por cinco freiras, foi mantido em cárcere privado e tiveram seu veículo roubado, em Sidrolândia (MS). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o crime aconteceu na noite de ontem (3). Um homem, que teria participado da ação, foi preso em flagrante.

As vítimas foram resgatadas pelo Núcleo de Operações Especiais da PRF. Segundo o órgão, os agentes chegaram até elas após interceptarem um suspeito do sequestro, em Dourados (3). Ele estava com uma camionete MMC/L200 que pertence a uma arquidiocese do estado. Procurada pelos agentes, a entidade informou que o veículo estava com as 5 missionárias. Além disso, a entidade revelou o endereço onde as freiras desenvolviam os trabalhos sociais.

Com base nessas informações, os policiais foram até o assentamento Eldorado, local onde elas estavam hospedadas. Após serem libertadas, as religiosas relataram que por volta das 20h30 foram surpreendidas por dois homens encapuzados que roubaram seus celulares e vários objetos de valor, além do automóvel.

Ainda de acordo com as vítimas, elas foram trancadas em um banheiro e, sob ameaça, permaneceram no local por mais de 4 horas, com a supervisão de um dos autores, enquanto o outro levava o veículo. Após esse período, elas perceberam que o criminoso que cuidava do cativeiro havia saído. Portanto, elas conseguiram sair do banheiro, mas estavam trancadas e sem qualquer meio de comunicação. Só foram libertadas com a chegada dos PRFs.

A L200 recuperada era conduzida por um homem, de 25 anos. Com ele foram econtradas duas facas, além de um capuz, condizente com as informações das vítimas. Ele foi preso por roubo e cárcere privado e foi encaminhado para a Polícia Civil local. Já o veículo, foi devolvido à arquidiocese.

A L200 recuperada era conduzida por um homem, de 25 anos (Foto: PRF/Divulgação)

Comentários