06/03/2012 17h25 – Atualizado em 06/03/2012 17h25

Deputados solicitaram informações sobre o caso do assassinato do jornalista Paulo Rocaro

Deputado Eduardo Rocha fez uma explanação sobre o trabalho a ser desenvolvido, destacando que a proposta é formar uma frente nacional para cobrar em Brasília recursos e ações efetivas para o combate às drogas

Assessoria de Comunicação

A Frente Parlamentar de Combate às Drogas, presidida pelo deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB) esteve reunida, na tarde desta terça-feira, com o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini.

INVESTIGAÇÕES

Participaram também da reunião os deputados Dione Hashioka (PSDB), Professor Rinaldo (PSDB) e Márcio Monteiro(PSDB) e coordenador do Plano de Combate às Drogas no MS, André Matsushita. Na pauta, os deputados solicitaram ao secretário informações sobre as investigações do assassinato do jornalista Paulo Rocaro, ocorrida em Ponta Porã e também a respeito da participação do governo estadual dentro do Plano Nacional de Combate ao Crack.

AÇÕES CONCRETAS

O deputado Eduardo Rocha fez uma explanação a respeito do trabalho a ser desenvolvido pela Frente Parlamentar, destacando que a proposta é formar uma frente nacional para cobrar em Brasília recursos e ações efetivas para o combate às drogas. Para o deputado, é preciso esquecer diferenças e caminhar para que os resultados sejam mais positivos. Ele falou inclusive de ações mais concretas a respeito de um dos países produtores, a Bolivia, que faz fronteira com o Mato Grosso do Sul.

ELOGIOS

O secretário de Justiça elogiou a iniciativa dos parlamentares e disse que o Governo do Estado está empenhado nessa luta. “Temos o nosso plano estadual, mas estamos inseridos no Plano Nacional, que vai repassar recursos para os governos estaduais. Inicialmente o Plano vai ser implantado em quatro estados, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Pernambuco, que possuem maior demanda, depois será a vez do nosso Estado”, esclareceu o secretário.

Já a respeito das investigações sobre a morte do jornalista, o secretário informou que o crime vem sendo apurado, mas é um trabalho demorado, por ter acontecido na fronteira e com todas as dificuldades. “Mas, acredito num desfecho positivo em breve, pois estamos oferecendo toda a estrutura para a policia local, que vem trabalhando duro na investigação”, disse

A Frente Parlamentar de Combate as Drogas é coordenada pelo deputado estadual, Eduardo Rocha, líder do PMDB e conta com a participação dos deputados Dione Hashioka, Paulo Duarte, Marcio Fernandes, Mara Caseiro, Professor Rinaldo, Marcio Monteiro e Alcides Bernal. Na pauta de discussões estão todos os temas considerados como emergenciais no trabalho de enfrentamento e combate às drogas, em especial ao crack, ligados à prevenção, repressão e atendimento.

COMISSÃO NACIONAL

Segundo Eduardo Rocha a Frente irá entrar em contato com parlamentares dos demais estados que fazem fronteira com outros países como Paraná, Mato Grosso, Rondônia e Acre, e também sofrem com as conseqüências do tráfico de drogas. “Junto com esses representantes vamos formar uma comissão nacional e só depois iremos até Brasília, cobrar da Secretaria Nacional Antidrogas providências quanto as questões levantadas”.

Recém constituída, a  Frente parlamentar já se reuniu várias vezes para debater o combate às drogas (Foto: Assessoria)

O coordenador da Frente Parlamentar, deputado Edurado Rocha agradeceu o secretário por apoiar o trabalho dos parlamentares (Foto: Assessoria)

Comentários