27/04/2016 10h58 – Atualizado em 27/04/2016 10h58

O frio não desanimou as pessoas que buscam por uma oportunidade de trabalho. A fila no Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador permaneceu cheia nesta manhã de quarta-feira

Ariane Pontes

A sensação térmica nesta manhã de quarta-feira, dia 27, chegou na casa dos 10 graus, mas nem mesmo esse frio comparado às altas temperaturas registradas na cidade, nos últimos dias fez diminuir o número de pessoas na fila do Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador de Três Lagoas (CIAT) em busca de uma oportunidade de trabalho. Por volta das 6h30 a quantidade de desempregados dobrava a esquina do local.

Na fila, além de três-lagoenses, haviam pessoas de outras regiões do país procurando uma vaga de trabalho. A expansão da Fibria e Eldorado Brasil tem atraídos candidatos de Três Lagos e de outros estados que aumentam a fila do desemprego na cidade.

Apesar do momento de crise política e econômica do país, Três Lagoas vive um período distinto, os projetos de expansão vão gerar milhares de vagas de emprego. A previsão é que o pico da obra do projeto Horizonte 2 da Fibria, deverá ocorrer em novembro, onde serão geradas de oito a 10 mil novas contratações.

A equipe do Perfil News flagrou pessoas que aguardavam atendimento, sem nenhum tipo de agasalho, vestindo apenas camiseta.

Fila do Ciat já era extensa por volta das 6h30 desta quarta-feira, dia 27. (Foto: Ricardo Ojeda)

Desempregados de várias regiões do país chegaram à Três Lagoas em busca de um emprego. (Foto: Ricardo Ojeda)

Comentários