27/09/2017 15h06

Redação

Dois funcionários de uma empresa terceirizada que presta serviços ao Instituto Médico Legal (IML) de Branquinha, a 60 quilômetros de Maceió, foram demitidos por terem arrastado um corpo pelo chão enlameado, informou a Perícia Oficial do Estado de Alagoas (Poal).

Imagens que circulam pelas redes sociais mostram os homens fazendo o recolhimento do cadáver de modo inapropriado na última quinta-feira. Assim que a perícia foi informada sobre o ocorrido, notificou a empresa e solicitou que providências fossem tomadas. Ambos foram identificados e desligados de seus cargos.

Em momentos do vídeo, é possível ouvir os funcionários rindo enquanto seguram os braços e deslizam o corpo pela lama para retirá-lo do local onde foi encontrado.

A assessoria de imprensa da Poal disse ainda que, até o momento, apenas as medidas administrativas contra os homens foram tomadas.

(*) Extra

Funcionários foram demitidos após arrastarem corpo pelo chão Foto: Facebook/Reprodução

Comentários