26/01/2012 13h53 – Atualizado em 26/01/2012 13h53

Prefeitura alcança 498 dias sem acidentes de trabalho

Foi ultrapassado o recorde histórico de 2009, quando foram registrados 411 dias sem acidentes, merecendo as atenções estaduais e até nacionais

Assessoria de Comunicação

A Prefeitura de Três Lagoas atingiu 498 dias sem acidentes de trabalho, nesta quarta-feira (25), segundo informações do setor dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), ligado à Secretaria Municipal de Administração.
“Isso equivale a 12,782 milhões de horas/homem trabalhadas sem registro de acidentes que afastam o servidor do seu trabalho”, observou o secretário de Administração, Odair Biassi. Este é um controle estatístico de acidentes de trabalho, usado pelas empresas e pelo SESMT, levando-se em conta o cálculo do mês médio trabalhado e o cálculo das horas efetivamente trabalhadas, multiplicando pelo número de servidores, no caso, em torno de 3,5 mil.

“Essa contagem é oficialmente interrompida, quando ocorre algum tipo de acidente, que afaste o servidor do seu trabalho”, comentou Odair Biassi. Quando isso ocorre, seja no ambiente de trabalho, ou acidente de percurso, há necessidade da emissão de guia de Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

“A redução do número de acidentes de trabalho, que nós estamos atingindo com êxito, demonstra que nossos servidores estão mais conscientes da responsabilidade de usar devidamenteos Equipamentos de Proteção Individual (EPI)”, observou o secretário de Administração.

“Qualquer servidor que trabalha em situações de risco é obrigado a usar equipamentos de segurança”, informouo coordenador do SESMT, José Luis Ribeiro Feitosa.

Segundo ele, fazem parte da lista dos EPI calças e camisetas especiais, luvas de raspa, botinas de segurança, óculos de proteção, máscaras e atéprotetor solar, quando for o caso, entre outros.

No exercício de 2011, a administração da prefeita Márcia Moura (PMDB) investiu mais de R$ 40,6 mil na aquisição de equipamentos de proteção individual, informou Odair Biassi.

“Tenho recebido recomendações expressas da prefeita Márcia Moura quanto aos cuidados que devemos adotar para evitarmos acidentes de trabalho, envolvendo o servidor municipal”, observou o secretário.

“Por recomendação da prefeita Márcia Moura, o objetivo é que o servidor se sinta bem no ambiente de trabalho e retorne ao convívio de sua família, também alegre, feliz e sem acidentes”, comentou.

MEDIDAS

Além da exigência do uso obrigatório dos EPI, a Prefeitura de Três Lagoas tem atingido recordes de dias sem acidentes de trabalho, graças a uma série de constantes medidas e procedimentos, coordenados pela equipe do SESMT, seguindo orientações do secretário Odair Biassi e determinações da prefeita Márcia Moura.

Periodicamente, a equipe do SESMT percorre todos os locais de trabalho dos servidores municipais, especialmente, as oficinas do Departamento de Obras e Serviços (DOS).

“Quando eventualmente ocorre um acidente, procuramos as causas e fazemos todo o levantamento do fato”, informou Odair. O levantamento minucioso de cada caso leva a equipe do SESMT a estudar soluções, a melhorar os EPI, se for o caso, e a intensificar as ações de orientação aos trabalhadores, quanto à saúde e segurança.

“Por exemplo, o SESMT não se limita a orientar e instalar extintores de incêndio, mas procura orientar e até treinar os servidores quanto ao uso do extintor”, explicou Odair Biassi.

A Prefeitura de Três Lagoas tem obtido ótimos resultados, graças “ao trabalho em conjunto da responsabilidade do SESMT, dos encarregados de cada setor e de cada funcionário, que adquiriu a consciência de que a saúde dele é importante”, comentou o secretário de Administração.

O eficiente resultado das medidas de segurança e prevenção de acidentes de trabalho tem chamado à atenção de outras Prefeituras e até de empresas de médio e grande porte.

Um dos exemplos do reconhecimento deste serviço foi a divulgação do trabalho desenvolvido pelo SESMT de Três Lagoas na Revista Proteção, de janeiro de 2010, edição nº 217, da cidade de Novo Hamburgo (RS). Com abrangência nacional e edição mensal, a revista tem o objetivo de propagar as informações em Saúde e Segurança do Trabalho.

Acidentes de trabalho não acontecem há 498 dias
Foto: Assessoria de Comunicação

Secretário de Administração, Odair Biasse
Foto: Assessoria de Comunicação

Comentários