22/09/2017 15h51

Entre janeiro de 2015 e agosto de 2017 foram aplicados R$ 785 milhões em áreas como saúde, educação, segurança e infraestrutura

Redação

Em dois anos e oito meses de gestão, o governador Reinaldo Azambuja investiu mais de meio bilhão de reais em municípios da região da Costa Leste de Mato Grosso do Sul. Entre janeiro de 2015 e agosto de 2017 foram aplicados R$ 785 milhões em áreas como saúde, educação, segurança e infraestrutura, com o objetivo de promover o desenvolvimento socioeconômico da região. “Gastar menos com o governo para gastar mais com as pessoas garante investimentos em todas as áreas”, explicou Reinaldo Azambuja.

Só nesta semana, o governador visitou seis municípios da Costa Leste e anunciou R$ 39,6 milhões para Água Clara, Inocência, Cassilândia, Paranaíba, Chapadão do Sul e Aparecida do Taboado. Na passagem dele pela regia, foram inaugurados e lançados novos empreendimentos.

No pacote de obras, intervenções em infraestrutura e saneamento básico ganham destaque pela proporção. “Entendo que aplicar recursos públicos em saneamento básico é poder economizar em investimentos na área da saúde. Cada um real que colocamos em obras de saneamento, economizamos quatro reais na saúde”, disse Reinaldo Azambuja.
Em Água Clara foram R$ 7,8 milhões para pavimentação e drenagem de vias, ativação de poço da Sanesul e construção de pontes de concreto. “Sem essa parceria do governo não teríamos como realizar as obras importantes que estamos recebendo”, afirmou o prefeito Edvaldo Queiróz.

Também foram destinados recursos para as mesmas áreas em Inocência, que ainda recebe investimentos em habitação. Lá, foram R$ 7,6 milhões anunciados pelo governador. Mas a evidência ficou com os empreendimentos da Sanesul, que perfura um poço de 700 metros para atender a cidade. A obra acaba com um problema que se arrasta por 59 anos e ainda garante o abastecimento de água potável para a população por mais 40 anos.

Outros R$ 7,4 milhões foram reforçados para Cassilândia – destinados para pavimentação e drenagem de ruas e avenidas; construção de moradias populares do programa Lote Urbanizado; entrega de patrulha mecanizada para atender a agricultura familiar; construção de duas pontes de concreto; e a restauração da interseção de acesso à UEMS, na MS-306.

Em Paranaíba, R$ 2 milhões foram anunciados para obras de pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais em diversos município. Em Chapadão foram R$ 12 milhões que beneficiam a infraestrutura, a habitação e a educação da cidade. Já em Aparecida do Taboado foram R$ 2,2 milhões para obras que melhoram a infraestrutura urbana, a habitação popular e o ambiente da Escola Estadual Frei Vital de Garibaldi

Municípios

A soma dos investimentos do Governo do Estado entre janeiro de 2015 e agosto de 2017 nos 12 municípios da região Leste chega a R$ 785 milhões. O maior volume de recursos é em infraestrutura viária e urbana, habitação e saúde. O montante de recursos inclui a destinação de capital próprio de Mato Grosso do Sul, contrapartidas em programas federais, transferências constitucionais do Sistema Único de Saúde (SUS) e Fundo Nacional de Desenvolvimento do Ensino (FNDE) e verbas alocadas por meio de emendas parlamentares.

Os recursos estão divididos entre Água Clara (R$ 20,1 milhões), Aparecida do Taboado (R$ 55,6 milhões), Bataguassu (R$ 63,8 milhões), Brasilândia (R$ 46,7 milhões), Chapadão do Sul (R$ 67,8 milhões), Cassilândia (R$ 9,4 milhões), Inocência (R$ 12,2 milhões), Paraíso das Águas (R$ 7,3 milhões), Paranaíba (R$ 25,7 milhões), Santa Rita do Pardo (R$ 57,3 milhões), Selvíria (R$ 11 milhões) e Três Lagoas (R$ 407,9 milhões).

*Notícias MS

Só nesta semana, o governador visitou seis municípios da Costa Leste e anunciou R$ 39,6 milhões para Água Clara, Inocência, Cassilândia, Paranaíba, Chapadão do Sul e Aparecida do Taboado. (Divulgação/Assessoria)

Comentários