10/05/2018 08h15

Inteligência Artificial atingiu o nível em que a pessoa do outro lado da ligação não sabe se está falando com um humano ou um robô

Gisele Berto

O Google apresentou nesta terça-feira, durante a conferência anual Google I/O, a nova versão do seu assistente virtual, que tem a capacidade de fazer chamadas em nome do usuário.

O novo Google Assistant pode reservar mesas em restaurantes, horários em salões de cabeleireiros e “falar” com outras empresas para checar horários e fazer reservas, mantendo conversas em nome do usuário. O vídeo da apresentação é surpreendente (assista aqui, em inglês).

Apesar de outras empresas já terem seus assistentes pessoais – a Apple tem a Siri, a Amazon a Alexa e a Samsung a Bixby, o novo Assistente do Google quebrou um paradigma: a pessoa do outro lado já não sabe se fala com um humano ou com Inteligência Artificial.

Durante a abertura da conferência, o CEO da empresa, Sundar Pichai, mostrou uma gravação de uma chamada real que, segundo ele, foi feita pelo Assistant para um cabeleireiro. Depois de feito o pedido de marcação, o Assistant ligou para um salão e teve uma conversa com a funcionária para marcar o horário. Não só a voz soa de forma real – ao ponto da pessoa do outro lado não saber que está a falar com um assistente digital com Inteligência Artificial –, como deixa sons casuais como “mmmhmmm”, de acompanhamento da conversa.

Pichai garantiu tratar-se de uma chamada real, embora tenha sido gravada e apresentada na tela do palco, e destacou “a forma incrível como o Assistant consegue perceber as nuances da conversa”. A tecnologia em que o Google está trabalhando há alguns anos chama-se Google Duplex e parece ser o próximo passo da Inteligência Artificial e da substituição por estes sistemas de tarefas humanas, como ter uma conversa ao telefone para marcar uma data e uma hora com um salão de cabeleireiro.

TESTES INICIADOS

O CEO do Google admitiu tratar-se de um serviço que está ainda em fase de desenvolvimento e ainda começarão os primeiros testes com alguns usuários. Ou seja, não se sabe prever quando se vai tornar global. “Vamos começar a fazer marcações de restaurantes, marcar idas ao cabeleireiro e marcar férias por telefone”, explicou Pichai, que garante que o Assistant vai conseguir reagir de forma inteligente mesmo quando a conversa sai do rumo normal. “Queremos trabalhar mais nesta tecnologia para tê-la aperfeiçoada”, explicou o responsável que espera conseguir que o Assistant faça chamadas para marcar consultas no médico de manhã, para os pais que estão ocupados com uma criança doente.

Durante os testes, o Google (que fez um post com vários exemplos de chamadas) explica que a maior parte das chamadas corre bem, sem intervenção humana, mas há casos em que o sistema fica confuso e chamada passa para um operador humano. Os testes feitos ao sistema Duplex têm sempre, nesta fase, um supervisor humano.

CEO do Google apresenta novo Assistente, que faz marcações de horário por você. Foto: The Telegraph

Comentários