04/09/2014 17h22 – Atualizado em 04/09/2014 17h22

Governo vai substituir ponte precária de madeira por nova estrutura de concreto na divisa de Coxim e Rio Verde

Uma antiga ponte de madeira sobre o Córrego Fortaleza na divisa de Coxim com Rio Verde, fonte constante de reclamação de moradores dos dois municípios, vai ser substituída por uma nova estrutura, feita de concreto armado, que será construída pelo Governo do Estado

Da Redação

Uma antiga ponte de madeira sobre o Córrego Fortaleza na divisa de Coxim com Rio Verde, fonte constante de reclamação de moradores dos dois municípios, vai ser substituída por uma nova estrutura, feita de concreto armado, que será construída pelo Governo do Estado. A ordem de serviço para início da obra foi assinada na quinta-feira (4) pelo governador André Puccinelli.

Localizada na estrada Coxim 03, a cinco quilômetros da BR-163, num ponto onde hoje a travessia do córrego é feita em precária estrutura de madeira, a nova ponte terá 48 metros. O Governo do Estado vai fazer investimento R$ 996 mil, originários do Fundersul, no empreendimento que deverá beneficiar diretamente dezenas de produtores rurais, centenas de estudantes da zona rural e pessoas que frequentam balneários na região.

“Sempre que conseguimos nós queremos auxiliar os municípios, como nesse caso, em que a ponte está em uma estrada vicinal. Mas no nosso governo, que tem se feito municipalista, e graças ao trabalho da nossa equipe, conseguimos os recursos e vamos fazer”, assegurou.

Ex-secretária de Educação e atualmente presidente da Câmara de Coxim, a vereadora Marilene Gasperim lembrou o histórico de luta pela ponte de concreto, considerando as dificuldades de tráfego para ônibus escolares e para o setor produtivo.

O prefeito Aluízio São José confirmou a importância do investimento e destacou que a conquista é “resultado da luta dos dois povos”, beneficiando dois importantes municípios da região Norte. “Os trabalhadores do campo, os produtores, as crianças das escolas, enfim, para toda a nossa população essa era uma obra muito esperada e agora conseguimos, na parceria com o Governo, que ela fosse colocada como prioritária dentro das nossas necessidades”, disse ele.

A velha ponte de madeira tem histórico de preocupação para quem mora nas duas cidades. Já sofreu quedas, já passou por interdições, já foi necessário fazer desvios pelo córrego. De acordo com a secretaria de Obras de Coxim, houve época em que mesmo com o tráfego desviado, ficava impossível a travessia.

Há 50 anos morador de Coxim, o aposentado Dorvalino Corrêa, 78, diz que agora está confiante de que a obra, prometida diversas vezes em governos anteriores, agora vai ser feita. “Já vi muita promessa, mas graças a Deus, agora sai. Vai ser bom para as duas cidades, né? Para os ônibus das crianças, para a gente que vai ali nos balneários”, festeja o morador.

(*)Com informação de Noticias MS

Localizada na estrada Coxim 03, a cinco quilômetros da BR-163, num ponto onde hoje a travessia do córrego é feita em precária estrutura de madeira, a nova ponte terá 48 metros (Foto Edemir Rodrigues)

O Governo do Estado vai fazer investimento R$ 996 mil, originários do Fundersul, no empreendimento que deverá beneficiar diretamente dezenas de produtores rurais (Foto: Edemir Rodrigues)

A velha ponte de madeira tem histórico de preocupação para quem mora nas duas cidades. Já sofreu quedas, já passou por interdições, já foi necessário fazer desvios pelo córrego (Foto: Edemir Rodrigues)

Comentários