28/08/2014 10h00 – Atualizado em 28/08/2014 10h00

Em todo o Estado os casos notificados subiram de 519 para 536

Da Redação

O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgado ontem mostra que o vírus Influenza continua causando mortes em Mato Grosso do Sul. Na última semana mais dois óbitos foram confirmados em Campo Grande. Com os novos dados sobe para 23 o número de pessoas falecidas por complicações da doença no estado.

A coordenadora de vigilância e saúde da SES, Bernadete Gomes, explica que o aumento dos números indicam que o vírus está circulando entre a população. “Quem era do grupo de risco, que não se vacinou, está passando por um perigo. Estamos preconizando a higienização das mãos e os demais cuidados necessários para não contrair a Influenza. Até o fim do inverno é preciso permanecer em alerta”.

Em todo o Estado os casos notificados subiram de 519 para 536. A Capital continua sendo a cidade com maior aumento de notificações em sete dias. O secretário municipal de saúde, Jamal Salem, disse que tem comunicado o Ministério da Saúde e a Vigilância Sanitária sobre a situação, mas não há nenhuma posição dos órgãos para a aquisição de mais vacinas. “O ministério não tem mais para fornecer e estamos melhorando o atendimento de urgência. Recomendamos que todos os pacientes que apresentarem tosse e febre recorram às unidades de saúde 24h”, reforçou.

Estoque de vacinas contra a gripe em Campo Grande acabaram no início deste mês (Foto: Bruno Henrique/Correio do Estado)

Comentários