10/10/2013 17h34 – Atualizado em 10/10/2013 17h34

Grupo de Teatro Identidade faz temporada da peça “CHUVISCO, CHUVA, CHUVARADA…”

O espetáculo infantil em comemoração ao Dia da Criança será no anfiteatro da UFMS – Unidade I, de 14 a 20 de outubro, com entrada franca

Da Redação

O Grupo de Teatro Identidade, em parceria com a Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul através da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis e o Departamento de Cultura da Prefeitura de Três Lagoas, realiza de de 14 a 20 de outubro, no anfiteatro da UFMS – Unidade I, temporada da peça teatral “Chuvisco, Chuva, Chuvarada…”

Com entrada franca, o espetáculo infantil tem como objetivo atender às Escolas e demais Instituições que acolhem crianças e adolescentes no município e comunidade em geral, que fomentará a programação de atividades desenvolvidas direcionadas às crianças do município, com a finalidade de atingir um público significativo durante a temporada. A peça teatral tem classificação livre, e é indicada para todos os públicos.

O espetáculo terá duas sessões diárias de segunda-feira a sexta-feira, às 8h30 e às 14h30, havendo necessidade de pré- agendamento para as apresentações. Já nos dias 19 e 20 (sábado e domingo), a apresentação será às 19h.

O objetivo da temporada do espetáculo é fortificar a formação de plateia no município de Três Lagoas e disponibilizar o processo teatral para entidades educacionais da cidade, que queiram levar seus alunos ao teatro nas datas e horários estabelecidos. Ainda pretende-se potencializar o processo teatral da peça “Chuvisco, Chuva Chuvarada…” para dar fluidez aos seus atores que compõem o elenco, e ainda exercitar o praticar teatral como aspecto primordial, advindo especificamente da repetição.

O ESPETÁCULO

O espetáculo infantil “Chuvisco, Chuva, Chuvarada…” é uma adaptação livre do texto “Eu chovo, tu choves, ele chove…” de Sylvia Orthof. O espetáculo faz chover boas sensações, com uma deliciosa e bem humorada percepção à liberdade, mostrando como um simples PINGO DE CHUVA pode subverter a ordem estabelecida e transformar a vida numa grande aventura.

A direção do espetáculo é de Leandro Cazula e o elenco é composto pelos atores e atrizes: Bruna Neto, Cesar Nogawa, Erick Victor, Guilherme Lemes, Jajá Ribeiro e Tatiana Mizobe. Os figurinos e maquiagem tem a concepção de Giovanni Piancelli Zanutto, que ainda conta com o apoio técnico de Cadu Fluhr, Emerson Matos, Lucas Pache, Felipe Citro, Manoel de Souza, Karoline Ferreira e Evelly Vitória.

PROCESSO CÊNICO

O texto teatral “Eu Chovo, Tu Choves, Ele Chove…” foi escrito em 1976, pela escritora Sylvia Orthof e se tornou um clássico para as crianças. É uma das peças mais premiadas da autora, em que ela enfoca a liberdade de expressão como tema central. O texto é uma mistura de fantasia e realidade, marcado pelo humor, pela linguagem simples, diálogos curtos, diversão e musicalidade. Na peça a autora brinca com a linguagem, começando pelo título, em que conjuga o verbo chover.

O Grupo de Teatro Identidade – Três Lagoas/MS iniciou o processo do espetáculo em março de 2012, na qual durante a sua concepção houve a adaptação da peça para “Chuvisco, Chuva, Chuvarada…”, pois a teatralidade ficou marcante sob a forma de voz nos diálogos, na musica, figurino e encenação, pois apresenta a produção-representação das ações humanas, nesse caso com a relação patrão e empregado.

As cenas da peça ocorrem em três ambientes: céu, terra e mar. A trilha sonora é baseada em melodias folclóricas, de cantigas populares, adaptadas para a peça. Para o público infantil a comédia é a forma dramática mais adequada para se transmitir uma mensagem, pois, mesmo que ele sinta a peça como um drama, é importante que predominem os elementos cômicos. Assim, o espetáculo instiga a criança a tornar-se crítica, pois os personagens discutem temas relacionados com a nossa sociedade, além de estimular a imaginação e trabalhar a ludicidade.

HISTÓRIA

A peça inicia-se com todos os Pingos de chuva cantando. O conflito se estabelece quando o Pingo precisa entregar a carta do Senhor Patrão Chuveiro para a Madame Sereia que mora no fundo da poça, onde é o mar. Pingo tem uma acompanhante em sua chuva, a Titia Nuvem. A poça fica no galinheiro onde mora a Dona Galinha d’Angola. Depois de chover na poça com a Tia Nuvem, Pingo chega ao fundo do mar, onde mora a Madame Sereia, que esta sempre reclamando da bagunça de seu reino e devido à organização da empregada Ova de Peixe. No desenrolar dos acontecimentos, há uma revolução entre a relação patrão-empregado, onde as ordens se invertem.

(*) Com informações de Assecom Prefeitura de Três Lagoas

O espetáculo infantil “Chuvisco, Chuva, Chuvarada…” é uma adaptação livre do texto “Eu chovo, tu choves, ele chove...” de Sylvia Orthof (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários