14/03/2016 14h44 – Atualizado em 14/03/2016 14h44

Com meta de conscientizar 57 mil pessoas das regiões central, Nova Corumbá, Maira Leite e Aeroporto sobre as formas de combate ao vetor da dengue, febre chikungunya e zika vírus, a Fiems, o Sesi, a Prefeitura de Corumbá e a TV Morena lançaram, nesta segunda-feira (14/03), a campanha “Guerra ao Mosquito Aedes aegypti”.

Assessoria

Com meta de conscientizar 57 mil pessoas das regiões central, Nova Corumbá, Maira Leite e Aeroporto sobre as formas de combate ao vetor da dengue, febre chikungunya e zika vírus, a Fiems, o Sesi, a Prefeitura de Corumbá e a TV Morena lançaram, nesta segunda-feira (14/03), a campanha “Guerra ao Mosquito Aedes aegypti”. De acordo com o superintendente do Sesi, Bergson Amarilla, que representou o presidente da Fiems, Sérgio Longen, a campanha informativa e educativa integra o trabalho social da indústria para evitar a proliferação do mosquito, além de alertar sobre os perigos e estimular as pessoas a se envolverem na causa.

Para o empresário e 3º vice-presidente regional da Fiems, Lourival Vieira Costa, a conscientização da população é fundamental. “Não será um trabalho de entrar nas casas e fazer a limpeza no lugar as pessoas, a ideia é orientar para que o próprio morador cuide do seu quintal e assim conseguirmos criar novos hábitos”, declarou.

PARCEIROS

Na avaliação da vice-prefeita de Corumbá, Márcia rolon, a Prefeitura já tem parceria com a Marinha do Brasil para combater o mosquito e agora essa luta ganha o reforço da Fiems, Sesi e TV Morena. “Muita gente ainda não se conscientizou e é importante reforçar e orientar as pessoas, principalmente, para mudarmos hábitos e conseguirmos eliminar o Aedes aegypti”, afirmou.

Já a secretária municipal de Saúde de Corumbá, Dinaci Ranzi, destacou que no município já se trabalha com um plano de contingência e um comitê faz o acompanhamento do controle do mosquito. “A parceria com a Fiems, Sesi e TV Morena vem para somar e é salutar para conseguirmos conscientizar cada vez mais a população. O desafio é conseguirmos fazer com que as pessoas compreendam que se precisa ter responsabilidade com isso”, analisou.

A gerente da TV Morena em Corumbá, Marlene Azarias Evarini, reforçou que a Rede Mato-Grossense de Televisão leva ao ar todos os dias informações de combate ao Aedes aegypti e está sempre à disposição para contribuir em campanhas com essa finalidade. “Acreditamos que só com informação conseguiremos eliminar esse mosquito. É uma responsabilidade de todos”, analisou.

A CAMPANHA

A campanha “Guerra ao Aedes aegypti” começa nesta segunda-feira (14/03) e prossegue até o dia 9 de abril, sempre das 7h30 às 13 horas, com uma grande mobilização, que contará com dois automóveis, um carro de som e 20 agentes para promover a adesivagem e visitar os imóveis, levando informações sobre como se prevenir das doenças e eliminar o mosquito.

Os agentes irão para as ruas levar as informações para a população sobre a importância de recolher o lixo e eliminar focos de larvas do mosquito, já que os ovos, mesmo ressecados, podem sobreviver por até um ano sem água, e quando em contato com a água o ciclo evolutivo recomeça, por isso a necessidade de lavar as bordas dos recipientes com bucha.

Febre alta, dores de cabeça, manchas avermelhadas pelo corpo, dor generalizada no corpo e nas juntas, dor atrás dos olhos são alguns dos sintomas que devem fazer uma pessoa procurar uma unidade de saúde. Caso já tenha sido diagnosticado e apresente dor abdominal ou vômito, pode ser a forma grave das doenças.

(*) Assessoria de Comunicação da FIEMS

Caso já tenha sido diagnosticado e apresente dor abdominal ou vômito, pode ser a forma grave das doenças. (Foto: Assessoria)

Comentários