20/04/2016 13h56 – Atualizado em 20/04/2016 13h56

Há 1 ano, o cantor Cícero Aparecido dos Santos foi brutalmente assassinado quando perseguia um ladrão no bairro Vila Nova. Cícero foi morto por uma facada na barriga desferida pelo meliante

Ricardo Ojeda e Patrícia Miranda

Um dos maiores talentos musicais de Três Lagoas perdeu a vida há 1 ano. O cantor e servidor da prefeitura de Três Lagoas foi morto por uma facada desferida no abdome quando perseguia um ladrão de 22 anos, identificado por Luiz Antônio. O músico morreu na hora e seu corpo caiu em um terreno baldio.

A voz notável e com tom imponente, tornaram-se marcas registradas de Cícero Aparecido dos Santos. Ao lado de Luís Carlos, fazia parceria com a dupla Luís Carlos & Eduardo.

A morte de Cícero comoveu a cidade, deixando os familiares, amigos e os fãs de luto. Durante seu velório, centenas de amigos foram deixar seu adeus. Pouco antes de fechar o caixão para o corpo seguir para sepultamento, algumas duplas que acompanharam a trajetória do músico prestaram as últimas homenagens, cantando canções que Cicero gostava de ouvir e cantar.

O Perfil News acompanhou a dramática despedida do cantor. Em seu velório, mais de 500 pessoas deram o último adeus ao cantor de 40 anos. Centenas de pessoas acompanharam o enterro com músicas e aplausos àquele que deixou marcas e muitas saudades.

NO VÍDEO ABAIXO A INTERPRETAÇÃO DA MÚSICA “CIDADE QUERIDA”, GRAVADO NA LAGOA MAIOR

TALENTO MUSICAL

Cícero, assim como Luís Carlos foram componentes importantes para a produção da canção “Cidade Querida”, que homenageia Três Lagoas, pelas suas riquezas naturais.

O três-lagoense fez parte do grupo “Os Caçulas”, formação essa, que era composta por Luiz Carlos Lima dos Santos e Antônio Marcos Barbosa da Silva, porém o grupo se desfez e a nova dupla intitulou-se Luís Carlos & Eduardo.

O TALENTO DA DUPLA ERA INQUESTIONÁVEL, CHEGANDO INCLUSIVE A CANTAR COM ZEZÉ DE DI CAMARGO & LUCIANO

O dueto chegou a fazer uma participação especial em um show dos cantores Zezé di Camargo & Luciano em maio de 2012, no Ginásio de Esportes Guanandizão em Campo Grande. Na ocasião, iriam apenas cantar uma canção, porém o timbre da dupla agradou os fãs que pediram outros sucessos como: “É o Amor” e “Os Dois Filhos de Francisco”, entre outras.


A dupla sertaneja, Luiz Carlos & Eduardo tinha uma carreira com futuro promissor, mas foi brutalmente interrompida com a morte de Cícero (de chapéu), que tinha nome artístico de Eduardo (Foto: Ricardo Ojeda/Arquivo)

Durante seu velório, na despedida amigos cantaram musicas de Cícero gostava de ouvir e cantar para seu público cativo (Foto:Ricardo Ojeda/Arquivo)



Comentários