Investigador percebeu que ele ficava passando em frente à Delegacia para tentar constrangê-la para que ela desistisse da denúncia; ele foi preso em flagrante

Um agressor de mulher foi preso em flagrante na manhã de hoje, 18, em Selvíria. O homem foi detido enquanto ela depunha contra ele na Delegacia.

Após descumprir medidas protetivas, que impediam o homem de se aproximar da mulher, o cidadão foi até a ex-companheira para ameaçá-la e insultá-la.

A mulher, então, procurou a delegacia. Mas nem assim o sujeito deu descanso: para tentar constranger e amedrontar a mulher, ele ficava passando em frente à delegacia.

O investigador de polícia percebeu a atitude do agressor e o prendeu em flagrante pelos crimes de descumprir decisão judicial que concede medidas protetivas de urgência, ameaça e injúria.

Em comunicado, a Delegacia de Polícia de Selvíria informa que o descumprimento de medidas não será tolerado e, ainda que o agressor não seja preso em flagrante, a autoridade policial representará por sua prisão, tirando do convívio social o homem que desrespeitar determinação judicial. Aquele que descumpre medidas protetivas, além de atentar contra a mulher, também é um risco a toda a sociedade, pois demonstra ser incapaz de respeitar a lei, mesmo com ordem judicial.

As denúncias podem ser feitas pelo telefone (67) 3579-1166 ou enviando mensagem pelo whatsapp-denúncia: (67) 3579-1166.

Comentários