02/01/2019 09h40

O acusado foi levado até Delpol, ouvido e liberado

Redação

A Polícia Militar de Nova Andradina prendeu na tarde de ontem, dia 01-01, um homem de 51 anos após tentativa de estupro contra sua própria filha de 32 anos.

Segundo a ocorrência da Polícia Militar, os policiais foram solicitados via 190, para atendimento de ocorrência de violência doméstica que estaria ocorrendo na Vila Operária, onde a vítima noticiava que um homem tentou estuprá-la e a estava importunando.

A equipe de rádio patrulha foi até o local e lá foram informados por populares que o suspeito saiu correndo, pulou o muro e se escondeu em um terreno baldio.

Conforme apurou o Nova Noticias, foi realizado cerco policial e iniciado buscas, tendo os policiais obtido êxito em localizar o suspeito que foi rapidamente colocado no compartimento de presos da viatura tendo em vista que a vizinhança estava revoltada com o situação e queriam lincha-lo.

Na Delpol, a vítima disse que mora na casa de seu pai há aproximadamente um ano, já que não foi criada por ele e após sair do sistema prisional do Estado de São Paulo, veio morar com em Nova Andradina com seus dois filhos.

A comunicante ainda disse no depoimento que na madrugada do reveillon seu pai chegou em casa exaltado e começou desferir palavras ofensivas contra a filha quando o mesmo teria fechado a porta e começou a agarrá-la.

Diante da atitude do acusado, a vítima disse que começou a gritar por socorro e vizinhos arrombaram a porta e tirara ela do local e por não ter outro lugar para ir, ficou a noite inteira acordada juntamente com seus filhos, porém no período da tarde, o pai começou a ofender novamente com palavras ofensivas e com medo de novamente ser atacada, acionou a Polícia Militar.

A ocorrência foi registrada na Delpol, onde o acusado foi ouvido pela autoridade policial, mas não ficou preso.

(*) Nova Notícias

Divulgação

Comentários