19/03/2018 08h04

Suspeito foi flagrado por moradores e denunciado. Ele deve responder por maus-tratos a animais. Égua foi encaminhada para o CCZ

Redação

Um homem de 30 anos foi detido e encaminhado para a delegacia, ao ser flagrado brigando por conta de uma égua, na rua Engenheiro Roberto Mange, bairro Amambai, em Campo Grande. O suspeito negou o crime e o animal foi encaminhado ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), debilitada e com ferimentos.

O denunciante, também de 30 anos, alegou que trabalhou para o proprietário da égua e sabia que o animal pertencia ao rebanho dele. Ele ressaltou que o furto ocorreu no distrito de Anhanduí, a 55 km da capital sul-mato-grossense, sendo que a intenção do ladrão era negociar o animal por R$ 300.

Os policiais que faziam rondas na região foram abordados por populares e encontraram os envolvidos na briga. O denunciante disse que fez a detenção do homem e estava aguardando a chegada da guarnição. Antes, eles brigaram e houve agressões físicas, ainda conforme o registro da ocorrência.

A equipe registrou imagens do animal e o caso será apurado pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista (Decat). “Não houve prisão por se tratar de uma infração de menor potencial. O suspeito assinou um termo de compromisso e foi liberado”, comentou ao G1 o delegado Camilo Ketenhuber.

A pena para quem pratica maus-tratos a animais pode chegar a 4 anos de prisão, além de multa.

*G1

Animal teria sido furtado e foi encaminhado ao CCZ (Foto: Ariovaldo Dantas/TV Morena)

Comentários