25/04/2019 15h29

Com o agressor foram apreendidos um revólver, facas e um facão

Gisele Berto

A polícia de Três Lagoas prendeu na madrugada de hoje, 25, um homem de 37 anos, que mantinha a mulher e crianças em cárcere privado no Jardim das Acácias. Como ele, foi apreendida uma arma de fogo e facas.

Uma das filhas da mulher disse que a mãe e os irmãos estavam sendo mantidos presos pelo padrasto e que o homem estava ameaçando a todos.

Quando os policiais chegaram conseguiram ouvir parte da conversa entre as pessoas que estavam presas. Uma das vítimas conseguiu passar a chave da porta – que estava trancada por dentro – para a polícia, que entrou e prendeu o agressor.

As vítimas informaram que ele tinha uma arma, que estaria em uma bolsa. A guarnição localizou a arma, um revólver Taurus calibre 38 com nove projéteis intactos.

Durante a entrevista com a vítima de 32 anos, ela relatou que estavam voltando para casa de motocicleta, quando iniciaram uma discussão. O homem chegou a quebrar seu celular e até ameaçar de jogá-la da garupa da moto na rodovia. Quando chegaram em casa o homem a trancou no quarto juntamente com três filhos e um sobrinho que estava na casa e continuou a ameaçá-la até a chegada da polícia militar.

Durante o atendimento a vítima ainda relatou que as ameaças e brigas são constantes devido à opção sexual de sua filha e de uma traição amorosa por parte do agressor. Foi entregue também aos policiais uma faca grande e uma pequena, ambas com o cabo de osso e chairas do mesmo modelo e um facão, que já teriam sido usadas para ameaças em outras ocasiões.

O homem recebeu voz de prisão e será indiciado por violência doméstica, cárcere privado, dano e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Armas apreendidas com o agressor. Foto: Divulgação

Comentários