13/09/2017 08h27

Crime aconteceu na noite de ontem (12), no bairro Paranapungá. Além da tentativa de estrangulamento, o acusado ainda a agrediu com socos, chutes e puxões de cabelo.

Flávio Veras

Um homem de 28 anos foi preso após agredir a esposa, de 21 anos, na noite de ontem (12), no bairro Paranapungá, em Três Lagoas. De acordo com o Boletim de Ocorrência, a vítima relatou que não a primeira vez que o marido a agride, porém, dessa vez ela decidiu denunciá-lo.

Ainda conforme informações da vítima, convive com o agressor há sete anos e tem dois filhos em comum. As agressões teriam começado após uma discussão por ela ter saído para fazer comprar em uma loja de variedades. Descontente com o fato, o acusado a agrediu com socos, chutes, puxões de cabelo e tentativa de enforcamento.

Além disso, durante o estrangulamento ele falou que iria matá-la. Porém, o homem parou de maltratá-la e saiu para fora da residência, foi quando ela se trancou no banheiro e ligou para o 190. A vítima falou que, apesar das inúmeras agressões, ela nunca ligou para a polícia porque o suspeito nunca havia saído da casa e, portanto, ela temia que ele ficasse mais exaltado, caso procurasse ajuda.

As agressões resultaram em escoriações na perna esquerda, no pescoço, nas costas e um inchaço na cabeça provocado pelos socos. Devido ao depoimento, o acusado foi preso e levado até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), onde foi elaborado o B.O. por agressão física. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Comentários