16/02/2019 06h06

No celular dele polícia encontrou compartilhamentos de materiais pornográficos com telefones de todo o país

G1.com

Um auxiliar administrativo de 46 anos foi preso nesta sexta-feira (15), em Ponta Porã, a 326 quilômetros de Campo Grande, por estuprar crianças, filmar os abusos e ainda armazenar e compartilhar os vídeos. “É um cara extremamente perigoso que vivia em sociedade como se fosse uma pessoa comum. E não, ele não é comum”, resume o delegado de Polícia Civil Mikail Farias.

O homem foi preso em casa pela Polícia Civil. No local, os policiais apreenderam materiais relacionados aos abusos e ainda o celular e o computador dele. No telefone foram encontradas mensagens de compartilhamento de vídeos pornográficos com pessoas de todo o país.

“Tem ddd do Brasil inteiro. As pessoas procuravam ele para pegar material de pornografia infantil”, conta o delegado. Sobre os vídeos, Mikail também resume: “Coisas que dão nó no estômago de ver”.

O auxiliar administrativo é suspeito de participar de uma rede nacional de pedofilia. As investigações da Polícia Civil continuam e o objetivo agora é saber quantas crianças foram vítimas, quem são elas e desde quando o homem agia.

Uma das conversas no celular do suspeito — Foto: Mauro Almeida/TV Morena

Comentários