17/10/2015 09h14 – Atualizado em 17/10/2015 09h14

Segundo o motorista, fazia seis meses que havia adquirido o documento em Brasilândia

Patrícia Miranda com informações

Na noite de sexta-feira (16), policiais rodoviários abordaram no km 342 da BR-158 em Três Lagoas, o veículo VW/Gol CL, com placas de Brasilândia, conduzido pelo operador de máquina de 22 anos, M. A. S.

Após apresentação do documento do veículo e da carteira de habilitação do condutor, os policiais suspeitaram da autenticidade da CNH. Efetuada consulta no sistema foi verificado que o condutor é inabilitado para dirigir.

Sobre o documento de habilitação apresentado, o condutor declarou que comprou em Brasilândia há 6 meses por R$1.800,00 e que optou pela compra, para conseguir uma vaga de emprego como operador de máquina.

A ocorrência encaminhada para a Delegacia de Polícia Federal de Três Lagoas. Ele foi preso em flagrante por uso de documento falso, crime cuja pena prevista é de reclusão de 2 a 6 anos.

(*) PRF/MS

O condutor disse que pagou R$ 1.800,00 pelo documento. (Foto: Assessoria/PRF)

Comentários