27/09/2017 20h13

Idosa de 85 anos morreu em hospital

Redação

Um vendedor de 64 anos foi preso em flagrante, na madrugada desta quarta-feira (27), em Lins (a 96 km de Araçatuba), após atear fogo no corpo da mãe, a aposentada Alaíde Soares Silva, de 85. A mulher morreu na Santa Casa.

De acordo com a Polícia Militar, moradores da rua Rui Barbosa, no bairro Ribeiro, acionaram o Corpo de Bombeiros, após verem que o imóvel onde mãe e filho moravam estava em chamas. Chegando ao local, a equipe apagou o fogo e encontrou a idosa com queimaduras pelo corpo, nos escombros.

Levada ao hospital, ela não resistiu. O acusado estava com queimaduras no braço e, após passar por atendimento médico, foi levado ao plantão policial.

CONFESSOU

Na unidade, ele confessou o crime e disse que tinha colocado fogo na mãe por “ela incomodar muito”. Após ser ouvido, o acusado seria encaminhado para uma cadeia da região.

Ele responderá pelos crimes de feminicídio e homicídio doloso por motivo fútil. O corpo da idosa foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) onde, após passar por exames necroscópicos, seria liberado para velório e sepultamento.

(*) Folha da Rigião – Araçatuba

Vizinhos acionaram o Corpo de Bombeiros após verem que o imóvel estava em chamas

Comentários